Câmara de PG só vota ‘tarifa zero’ no ano que vem

Ponta Grossa

13 de dezembro de 2019 10:57

Da Redação


Relacionadas

Construtora Prestes realiza feira digital de imóveis

Madero investirá mais R$ 100 mi em Ponta Grossa

Inscrições para bolsa de estudo no CVM Cescage estão abertas

Jovem fica em estado grave após acidente em PG
Mabel reforça importância da lei que garante escolha do parto
Tribunal do Júri inocenta rapaz acusado de homicídio
Cresce número de candidaturas registradas em PG
Anúncio foi feito após reunião na Acipg na manhã desta sexta-feira Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Presidente do Legislativo, vereador Daniel Milla (PV), confirmou que só colocará o projeto para ser votado a partir de 2020 para que ele seja analisado

O vereador Daniel Milla (PV), presidente da Câmara Municipal de Ponta Grossa, e o líder do governo na Casa de Leis, Rudolf Polaco (PSD), anunciaram nesta manhã que o projeto de lei do Tarifa Zero não entrará em votação em 2019. A decisão foi tomada na reunião realizada na manhã desta sexta-feira (13) na Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (Acipg). Com a decisão de votar o PL apenas no ano que vem, o Tarifa Zero só poderá ser implantado na cidade a partir de 2021.

De acordo com Milla, a decisão de não votar o PL neste ano foi tomada levando em conta as muitas dúvidas que pairam sobre o tema. Além da reunião, uma audiência pública foi marcada para as 19h desta sexta, também na Acipg, para debater a questão. O objetivo é sanar dúvidas em relação à proposta, de autoria da Prefeitura de Ponta Grossa e que pretende criar uma taxa junto aos empresários para custear o sistema de transporte municipal – um valor de R$ 121,66 seria cobrado por funcionário cadastrado na empresa, de acordo com o projeto protocolado na Câmara na quarta-feira (11).

O encontro foi convocado pelo vereador Pietro Arnaud (Rede) e deve contar com empresários locais e autoridades políticas – entre os confirmados estão o deputado federal Aliel Machado (Rede) e o ex-deputado Marcio Pauliki (SD).

PUBLICIDADE

Recomendados