‘GEIV’ virá a PG neste fim de semana para homologar IFR

Ponta Grossa

13 de dezembro de 2019 20:42

Fernando Rogala


Relacionadas

“Governo infestado de fascistas”, diz Aliel sobre Roberto Alvim

In Cursus treinamentos aplica ferramentas para gestores

Elite Rede de Ensino conquista primeiro lugar na UEPG

Eurica Taques assume comando da AMTT interinamente
Prefeitura de PG terá sistema de fiscalização de veículos
Ladrões roubam papagaio e deixam idoso desolado
Senac PR está com matriculas abertas para Cursos Técnicos
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Grupamento Especial de Inspeção em Voo também estará no município para homologar o PAPI 


O Aeroporto Comandante Antonio Amilton Beraldo, mais conhecido como Sant’Ana, em Ponta Grossa, finalmente deverá receber o avião do Grupo Especial de Inspeção em Voo (GEIV) para a homologação do procedimento IFR (voos por instrumentos). A aeronave especial estará em Ponta Grossa neste sábado ou domingo, segundo confirmou o superintendente do aeroporto, Victor Hugo de Oliveira. Além do IFR, a aeronave também fará a homologação do PAPI (Indicador de Percurso de Aproximação de Precisão). 

De acordo com Victor Hugo, a informação foi confirmada pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea). No último fim de semana, o GEIV esteve em Curitiba. A aeronave faz uma série de movimentos para avaliar se as cartas aeronáuticas confeccionadas, RNAV, estão condizentes e o aeroporto pode ser operado com segurança, seguindo os procedimentos IFR. Em outubro, representantes do Instituto de Cartografia Aeronáutica já realizaram as medições no aeroporto. Segundo explica Victor Hugo, esse é o último procedimento para que o IFR seja homologado, restando apenas a publicação no Diário Oficial da União para a oficialização. 

Para buscar acelerar esse processo de publicação em diário oficial, Victor Hugo de Oliveira destacou que irá com o prefeito para o Rio de Janeiro, na sede do Decea, na próxima semana. “Na quarta-feira estaremos no Rio de Janeiro para agradecer e tentar dar uma agilidade na publicação. Queremos ver se entramos na primeira semana de janeiro com isso já publicado pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) em Diário Oficial”, ressalta o superintendente. 

Quanto ao Percurso de Aproximação de Precisão (PAPI) é um sistema de auxílio luminoso que auxilia a navegação aérea, fornecendo informações de orientação para ajudar um piloto a adquirir e manter a aproximação correta em relação à rampa de inclinação durante a aproximação final da pista. Ele foi colocado na cabeceira 8 do aeroporto, no ano passado, através da contrapartida de uma empresa.


Voos serão aprimorados

Hoje o aeroporto opera apenas por regras visuais (VFR), em que o piloto se orienta apenas por referencias visuais externas, sendo impossível o pouso em condições adversas, quando não há ‘teto’ para aterrissar. Com o IFR é possível ‘furar’ essas camadas. “Com ele, ganha mais precisão para as aeronaves, mesmo com tempo fechado. Então tem avanço muito grande em relação às alternâncias no aeroporto. E o GEIV homologará o PAPI, que fará com que a aeronave tenha o pouso perfeito, no ponto correto da pista, para que possa aproveitar o máximo possível do seu comprimento”, explica Oliveira.

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização