‘GEIV’ virá a PG neste fim de semana para homologar IFR

Ponta Grossa

13 de dezembro de 2019 20:42

Fernando Rogala


Relacionadas

Fiscalização notifica 17 eventos particulares em PG

Motorista causa acidente, foge e deixa feridos em PG

Moradores do Santa Maria reclamam de alta velocidade em via

Rotary promove arroz carreteiro para ajudar entidades
Exportações de PG crescem em julho e somam R$ 3,15 bi em 2020
Câmara discute orçamento da Prefeitura de PG para 2021
Prefeitura afasta profissionais da saúde por Covid no PSM
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Grupamento Especial de Inspeção em Voo também estará no município para homologar o PAPI 


O Aeroporto Comandante Antonio Amilton Beraldo, mais conhecido como Sant’Ana, em Ponta Grossa, finalmente deverá receber o avião do Grupo Especial de Inspeção em Voo (GEIV) para a homologação do procedimento IFR (voos por instrumentos). A aeronave especial estará em Ponta Grossa neste sábado ou domingo, segundo confirmou o superintendente do aeroporto, Victor Hugo de Oliveira. Além do IFR, a aeronave também fará a homologação do PAPI (Indicador de Percurso de Aproximação de Precisão). 

De acordo com Victor Hugo, a informação foi confirmada pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea). No último fim de semana, o GEIV esteve em Curitiba. A aeronave faz uma série de movimentos para avaliar se as cartas aeronáuticas confeccionadas, RNAV, estão condizentes e o aeroporto pode ser operado com segurança, seguindo os procedimentos IFR. Em outubro, representantes do Instituto de Cartografia Aeronáutica já realizaram as medições no aeroporto. Segundo explica Victor Hugo, esse é o último procedimento para que o IFR seja homologado, restando apenas a publicação no Diário Oficial da União para a oficialização. 

Para buscar acelerar esse processo de publicação em diário oficial, Victor Hugo de Oliveira destacou que irá com o prefeito para o Rio de Janeiro, na sede do Decea, na próxima semana. “Na quarta-feira estaremos no Rio de Janeiro para agradecer e tentar dar uma agilidade na publicação. Queremos ver se entramos na primeira semana de janeiro com isso já publicado pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) em Diário Oficial”, ressalta o superintendente. 

Quanto ao Percurso de Aproximação de Precisão (PAPI) é um sistema de auxílio luminoso que auxilia a navegação aérea, fornecendo informações de orientação para ajudar um piloto a adquirir e manter a aproximação correta em relação à rampa de inclinação durante a aproximação final da pista. Ele foi colocado na cabeceira 8 do aeroporto, no ano passado, através da contrapartida de uma empresa.


Voos serão aprimorados

Hoje o aeroporto opera apenas por regras visuais (VFR), em que o piloto se orienta apenas por referencias visuais externas, sendo impossível o pouso em condições adversas, quando não há ‘teto’ para aterrissar. Com o IFR é possível ‘furar’ essas camadas. “Com ele, ganha mais precisão para as aeronaves, mesmo com tempo fechado. Então tem avanço muito grande em relação às alternâncias no aeroporto. E o GEIV homologará o PAPI, que fará com que a aeronave tenha o pouso perfeito, no ponto correto da pista, para que possa aproveitar o máximo possível do seu comprimento”, explica Oliveira.

PUBLICIDADE

Recomendados