“Governo infestado de fascistas”, diz Aliel sobre Roberto Alvim

Ponta Grossa

17 de janeiro de 2020 21:57

Afonso Verner


Relacionadas

Família procura jovem que desapareceu no Centro de PG

Romu e GM prendem suspeitos de tráfico no centro de PG

Cavalos roubados da equoterapia são encontrados

Carro com pendências bate em muro e passageiros fogem
Discussões sobre o Tarifa Zero voltam após o carnaval
Mãe e filho são presos por tráfico de drogas em PG
Mariquinha e Vila Velha estampam cadernos escolares
Foto:
PUBLICIDADE

Deputado federal subiu o tom das críticas após secretário de Cultura do Governo Bolsonaro citar nazista em discurso

O deputado federal Aliel Machado (PSB) fez duras críticas ao Secretário de Cultura do Governo de Jair Bolsonaro (PSL), Roberto Alvim, demitido ainda nesta sexta-feira (17). Alvim se tornou pivô de uma gafe nacional depois que usou trechos de um discurso do ministro de propaganda na Alemanha Nazista, Joseph Goebbels, para divulgar o novo programa do governo de Bolsonaro para a Cultura, o Prêmio Nacional das Artes. 

Após a atitude, o Secretário tornou-se alvo de uma enxurrada críticas nas redes sociais: os termos Alvim, Goebbels e Nazista foram nos assuntos mais comentados do Twitter na manhã desta sexta-feira (17). “A fala de Alvim é o retrato de um governo que está infestado de fascistas e irresponsáveis. Mais uma vez a imagem do nosso país fica arranhada. Como parlamentar vou tomar providências jurídicas e políticas contra mais esse absurdo”, disse Aliel. 

No vídeo de divulgação do Prêmio Nacional das Artes, que foi publicado pela própria Secretaria Especial da Cultura nas redes sociais na noite de quinta-feira (16), Alvim diz que a premiação vem para reconhecer que a arte brasileira da próxima década será heróica, nacional e imperativa. O discurso é semelhante às promessas de Goebbels no governo de Adolf Hitler. 

PUBLICIDADE

Recomendados