PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Rapaz pega 21 anos de cadeia por feminicídio em PG

Ponta Grossa

06 de fevereiro de 2020 19:38

Da Redação


Relacionadas

Jovem é morto a tiros na região do Jardim Carvalho

Acidente perto da rodoviária fere motociclista

Delegado Marcus Sebastião deixa importante legado

Cara Nova é destaque na oferta de materiais de construção
PM manterá sede da 1ª Companhia no Parque Ambiental
MCG destaca restauro da sede na 20ª Semana dos Museus
PG abre Centro de Atendimento da Criança
Erick Ribeiro Trappel foi preso pela Guarda Municipal Foto: Arquivo aRede
PUBLICIDADE

Foram consideradas como qualificadoras do crime o feminicídio, motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima

O Tribunal do Júri de Ponta Grossa, nos Campos Gerais, condenou nesta quinta-feira, 6 de fevereiro, por homicídio triplamente qualificado um homem que matou a ex-sogra. A pena fixada foi de 21 anos de reclusão em regime fechado.

O crime ocorreu na tarde de 6 de novembro de 2018, quando o condenado, de posse de uma faca, foi até a casa onde estavam a vítima, a ex-mulher e a filha do casal, que tinha menos de dois anos de idade na época. Durante uma briga com a ex-companheira, o réu atingiu a vítima – que tentou defender a filha – com uma facada na região do tórax, causando sua morte. O fato ocorreu na presença da criança. Foram consideradas como qualificadoras do crime o feminicídio (cometido em razão do sexo feminino da vítima), motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima.

O réu, identificado pelo nome de Erick Ribeiro Trappel, que já estava preso, não poderá recorrer em liberdade.

PUBLICIDADE

Recomendados