Motorista de PG é multada por comer coxinha ao volante

Ponta Grossa

14 de fevereiro de 2020 07:29

Afonso Verner


Relacionadas

Planicon traz alternativa para manter atendimentos médicos

Procon pede cautela sobre acordos de adiamento de dívidas

BRDE libera R$ 850 mi para investimentos no Paraná

Em PG, presos do ‘grupo de risco’ cumprirão pena em casa
SindServ quer adicional para servidores que atuam contra Covid-19
Cuidados com a saúde ganham reforço nas obras
PG pode contratar pessoas físicas para atendimento na Saúde
Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

Imagem da autuação de trânsito tem sido compartilhada nas redes sociais. Multa foi aplicada no cruzamento das ruas Comendador Miró e Francisco Ribas

Uma motorista de Ponta Grossa foi multada por dirigir tendo na mão direita uma coxinha e na mão esquerda um sache de maionese. O caso viralizou nas redes sociais nesta quinta-feira (13) depois que a imagem do auto de infração foi compartilhada nas redes sociais. A imagem mostra a multa por infração leve (três pontos e R$ 88) por ser flagrada dirigindo seu veículo enquanto comia uma coxinha - a multa foi aplicada no dia 9 de dezembro, por volta das 15h. 

Na prática, a condutora foi multada por não estar com as mãos no volante. “Condutora dirigindo com a mão esquerda apoiada no volante, segurando uma coxinha, e com a mão direita um sachê de maionese. Condutor não identificado. Veículo em movimento", diz a justificativa da multa (veja na imagem acima). O 1º Batalhão de Polícia Militar relatou que o documento é verdadeiro e que o auto de infração foi lavrado por um Policial Militar.

O que diz o Código de Trânsito

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) diz que é obrigatório manter as duas mãos ao volante, exceto quando for necessário fazer troca de marcha, acessar algum acessório do veículo, ligar para-brisas, faróis ou sinalizar utilizando o braço. Neste caso,  comer ou beber enquanto dirige é uma infração, já que o motorista terá que tirar uma das mãos do volante para comer ou beber, o que constitui infração média. O mesmo se aplica à maquiagem. 

A infração é média e resulta em multa de R$ 130,16 e 4 pontos na carteira. Vale lembrar que, no caso de o motorista tirar uma das mãos do volante para mexer no telefone celular, a infração se torna gravíssima, com multa de R$ 293,47 e penalidade de 7 pontos na carteira.

No caso da motorista de Ponta Grossa, no entanto, ela foi multado pelo artigo 169 do capítulo XV das Infrações, que diz que pune quem dirigir sem atenção ou sem os cuidados indispensáveis à segurança. Neste caso, a infração é leve.

PUBLICIDADE

Recomendados