Morre menino que teve 40% do corpo queimado em PG

Ponta Grossa

18 de fevereiro de 2020 08:42

Da Redação


Relacionadas

Planicon traz alternativa para manter atendimentos médicos

Procon pede cautela sobre acordos de adiamento de dívidas

BRDE libera R$ 850 mi para investimentos no Paraná

Em PG, presos do ‘grupo de risco’ cumprirão pena em casa
SindServ quer adicional para servidores que atuam contra Covid-19
Cuidados com a saúde ganham reforço nas obras
PG pode contratar pessoas físicas para atendimento na Saúde
Criança estava internada em hospital de Curitiba e não resistiu aos ferimentos Foto: Reprodução/Facebook
PUBLICIDADE

Criança estava internada em hospital de Curitiba e não resistiu aos graves ferimentos; campanha tentou ajudar a família

Morreu na noite desta segunda-feira (17) o pequeno Júlio, de cinco anos, morador do Ouro Verde, em Ponta Grossa. Ele estava internado num hospital de Curitiba desde o fim de janeiro, quando teve 40% do corpo queimado devido a uma explosão. O menino não reagiu ao tratamento e, depois de quase 20 dias de luta pela vida, não resistiu aos ferimentos.

De acordo com informações apuradas pelo portal aRede, familiares estariam trabalhando com o derretimento de cobre e tentaram colocar gasolina para auxiliar no processo. No entanto, o equipamento usado para o procedimento explodiu e a criança, que estava perto, foi atingida pelo material.

O Samu prestou os primeiros atendimentos no local e constatou queimaduras de terceiro grau na barriga e no rosto. A vítima foi encaminhada com urgência até o Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais. Posteriormente, o menino foi transferido para o Hospital Evangélico de Curitiba.

A Associação de Moradores da Santa Maria (Amosam) organizou uma campanha para ajudar a criança com a arrecadação de fraldas geriátricas, lenços umedecidos e sabonete neutro. Pelas redes sociais, a Amosam lamentou a morte da criança e agradeceu ao esforço de quem participou da mobilização. “Agradecemos a todos pela ajuda na campanha ao menino Júlio do Ouro Verde como o conhecíamos. Infelizmente ele não aguentou e o Pai Celestial resolveu levá-lo... Descanse em paz, meu amiguinho... Estamos todos em Espírito de Oração pelos familiares...”, escreveu um representante da entidade.

Relembre o caso

Explosão deixa criança gravemente ferida em PG

Explosão pode ter deixado criança de PG cega

PG se mobiliza para ajudar garoto que teve 40% queimado

PUBLICIDADE

Recomendados