Radialista Cleo Teixeira morre em PG aos 68 anos

Ponta Grossa

19 de fevereiro de 2020 07:18

Da Redação


Relacionadas

Planicon traz alternativa para manter atendimentos médicos

Procon pede cautela sobre acordos de adiamento de dívidas

BRDE libera R$ 850 mi para investimentos no Paraná

Em PG, presos do ‘grupo de risco’ cumprirão pena em casa
SindServ quer adicional para servidores que atuam contra Covid-19
Cuidados com a saúde ganham reforço nas obras
PG pode contratar pessoas físicas para atendimento na Saúde
Radialista estava internada há mais de um mês na UTI da Santa Casa de Ponta Grossa Foto: Reprodução/Facebook
PUBLICIDADE

Ela estava internada há pouco mais de um mês vítima de um acidente cardiovascular hemorrágico e morreu na noite desta terça-feira

Mais uma voz histórica do rádio ponta-grossense se calou na noite desta terça-feira (18). Cleonice das Graças Teixeira, mais conhecida como Cleo Teixeira, não resistiu a um acidente cardiovascular hemorrágico e morreu depois de passar mais de um mês internada na Unidade de Terapia Intensiva da Santa Casa de Misericórdia.

De acordo com o Serviço Funerário Municipal, o velório do corpo de Cleo acontece na Câmara Municipal de Ponta Grossa e o sepultamento está marcado para as 17h desta quarta-feira (19) no cemitério Parque Campos Gerais.

Cleo Teixeira se constituiu num dos principais nomes do meio radiofônico em Ponta Grossa, com contribuições decisivas para a modernização de diferentes prefixos e sempre foi atuante em ações de promoção de atividades em defesa às mulheres. 

PUBLICIDADE

Recomendados