Mariquinha e Vila Velha estampam cadernos escolares

Ponta Grossa

25 de fevereiro de 2020 09:28

Da Redação


Relacionadas

GM recupera placa de bronze furtada de cemitério de PG

Polícia prende suspeito de matar professor em PG

Cai número de casos suspeitos de Covid-19 em PG

Em PG, Guarda prende procurado da Justiça 'carregando' TV
Saiba como fica o tempo durante a semana em PG
Homem é encontrado morto no Ouro Verde
Justiça Federal libera R$ 150 mil para Prefeitura
Material destaca as belezas naturais e eventos realizados em Ponta Grossa Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Material destaca as belezas naturais e eventos realizados em Ponta Grossa

A Secretaria Municipal de Educação de Ponta Grossa entregou em fevereiro, para 21 mil alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental, os kits escolares para uso durante o ano letivo 2020. Os kits foram entregues nas 85 escolas, com investimento público do Município que totaliza R$ 702 mil. Os cadernos, que destacam belezas naturais e eventos realizados em Ponta Grossa, já estão em uso nas salas de aula.

Além do acesso ao material de qualidade e gratuito para todas as crianças, os cadernos são personalizados e trazem cenas que visam ampliar o conhecimento dos alunos sobre a cidade. Os cadernos para linguagem, cartografia (desenho), caligrafia, brochura e quadriculado destacam neste ano a Cachoeira da Mariquinha, localizada em Itaiacoca, e a Vila Velha, com destaque para o conjunto de formações rochosas chamado “Cidade Ciclópica” e para a revoada de balões, evento realizado em outubro de 2019. Na edição anterior, foram destacadas a Taça de Vila Velha, a Estação Saudade, a Capela Santa Bárbara e o Buraco do Padre.

A secretária de Educação, professora Esméria Saveli, destaca que a distribuição se reflete na redução da desigualdade social. “Além de garantir a vaga e o acesso a uma educação de qualidade, é papel do poder público garantir as condições de permanência da criança na escola. O acesso a um material escolar de qualidade é uma dessas garantias. Nenhuma criança, em nossas escolas, precisa passar pela situação de não possuir ou ter que pedir um lápis, borracha ou caderno para seus estudos, porque ter o material é seu direito, garantido por uma política pública. Todas essas ações são igualmente importantes para que nossa Educação possa avançar cada vez mais”, aponta a secretária de Educação, Esméria Saveli.


Investimento

No total, foram adquiridos 14 mil kits do primeiro ciclo e outros 12 mil do segundo ciclo. A unidade do primeiro tem o custo de R$ 23,19, enquanto o segundo custa R$ 31,50 cada. Os kits do primeiro ciclo (1º ao 3º ano) contêm apontador, borracha, cola branca, caixa com lápis de cor, lápis grafite, régua, tesoura e cadernos de cartografia, linguagem (5 unidades), caligrafia e quadriculado.

Já os do segundo ciclo (4º ao 5º ano) contêm apontador, borracha, canetas azuis e preta, cola branca, esquadro, caixa com lápis de cor, lápis grafite, régua, tesoura, transferidor e cadernos de cartografia, linguagem (04), caligrafia e linguagem brochura grande (02).

Todos os kits são produzidos sob encomenda e entregues diretamente pela fábrica para cada escola, na quantidade informada pelas diretoras com base nas matrículas do final de 2019. 


Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados