Marcelo Rangel anuncia fechamento do comércio de PG

Ponta Grossa

20 de março de 2020 16:52

Afonso Verner


Relacionadas

Shalom Ponta Grossa comemora quatro anos de fundação

PG registra mais 5 casos de covid-19; total chega a 60

Para salvar mulher, guarda atira na perna de agressor

Motorista foge e abandona ferido grave em acidente
Polícia apreende mais de 370 quilos de maconha em PG
Ponta Grossa registra 55º caso de coronavírus
Acidente envolve moto e caminhonete em Oficinas
Prefeito vai decretar fechamento de comércio tido como “não essencial” Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Prefeito vai decretar fechamento de comércio tido como “não essencial”

O prefeito Marcelo Rangel (PSDB) fez um comunicado nas redes sociais da Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG) nesta sexta-feira (20). Ao lado do secretário de Cidadania e Segurança Pública, Ay Lovato, e do procurador-geral, João Paulo Deschk, Rangel anunciou novas restrições ao comércio de Ponta Grossa - a medida é uma extensão a outros decretos já assinados pelo prefeito nas ações que buscam conter os casos suspeitos de novo Coronavírus, o Covid-19. 

A partir de 23 de março, estabelecimentos como shoppings, cinemas, teatros, galerias comerciais e afins deverão ser fechados. No caso de restaurantes, tabacarias, clubes, academias, áreas comuns de condomínios, cultos e atividade religiosas a proibição também deverá seguir pelos próximos 15 dias. No caso dos estabelecimentos alimentícios, o funcionamento poderá acontecer apenas pelo delivery.

No caso de supermeracados, farmácias e postos de combustível, o atendimento segue normal, mas com cuidados redobrados.

Saiba o que abre e o que fecha na cidade:

Ficam fechados por 15 dias a partir de segunda-feira:

I – shoppings centers, galerias e similares; 

II – lojas de comércio varejista e atacadista; 

III – teatros, cinemas, casas de espetáculos e demais locais de eventos; 

IV – restaurantes, bares, pubs e lanchonetes; 

V – casas noturnas, lounges, tabacarias, boates e similares; 

VI – clubes, associações recreativas e similares; 

VII – academias de ginástica; 

VIII – áreas comuns, playgrounds, salões de festas, piscinas e academias em condomínios; 

IX – cultos e atividades religiosas; e 

X – quaisquer outros serviços privados de atendimento ao público, não expressamente excetuados no presente Decreto.


Funcionamento normal nesse período:

I – serviços de saúde, assistência médica e hospitalar; 

II – distribuição e venda de medicamentos e gêneros alimentícios, tais como farmácias, açougues, padarias, peixarias, mercearias, mercados e supermercados; 

III – geração, transmissão e distribuição de energia elétrica e gás 

IV - postos de combustíveis e lojas de conveniência; 

V – tratamento e abastecimento de água; 

VI – captação e tratamento de esgoto e lixo; 

VII – serviços de telecomunicações e imprensa; 

VIII – processamento de dados ligados a serviços essenciais; 

IX – segurança pública e privada; 

X – serviços funerários; 

XI – clínicas veterinárias e lojas de suprimentos animal (alimentos e medicamentos); 

XII – oficinas mecânicas e serviços de guincho.

PUBLICIDADE

Recomendados