Cuidados com a saúde ganham reforço nas obras

Ponta Grossa

31 de março de 2020 18:53

Fernando Rogala


Relacionadas

PG registra mais 5 casos de covid-19; total chega a 60

Para salvar mulher, guarda atira na perna de agressor

Motorista foge e abandona ferido grave em acidente

Polícia apreende mais de 370 quilos de maconha em PG
Ponta Grossa registra 55º caso de coronavírus
Acidente envolve moto e caminhonete em Oficinas
Queda de energia elétrica afeta abastecimento no Guaragi
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Em todos os canteiros de obras foram disponibilizados termômetros para aferição de temperatura, álcool em gel de uso coletivo e escalas para as refeições

A Prestes Construtora e Incorporadora reforçou os cuidados nos canteiros. Diante da manutenção das atividades em seis, das sete cidades em que a empresa possui obras ativas, a opção foi investir em informação e prevenção. Para isso, foram disponibilizados em todos os canteiros termômetros para aferição de temperatura, álcool em gel de uso coletivo e escalas para as refeições. Além disso, outros cuidados quanto a utilização dos vestiários, evitando aglomeração, também foram adotados.

Para o diretor de engenharia da companhia, Pedro Incer, as medidas são essenciais para a manutenção da operação nos canteiros. Ele explica que os ambientes são amplos, com bastante ventilação e com pessoas trabalhando distantes umas das outras. A continuidade nas obras, segundo ele, é essencial para a manutenção de toda a cadeia produtiva do setor. “O setor da construção civil funciona como um termômetro e quando ele para, dezenas, até centenas de outros segmentos da economia são impactados direta ou indiretamente”, justifica. E para garantir que pelo menos essa área continue ativa, a empresa optou por redobrar a atenção. “Promovemos uma série de medidas que orientam desde a chegada ao canteiro até o retorno para casa”, conta o engenheiro.

De acordo com os profissionais, as ações precisam ser somadas a de toda a sociedade que pode usar esse momento para trabalhos em home office ou que conseguiram se organizar a partir de escalas. “Toda a segurança é essencial para a manutenção do bem estar coletivo, ainda que em meio a momentos de adversidade. Embora um ambiente de indústria da construção civil seja menos propenso ao vírus, toda a atenção é necessária”.

As informações são da assessoria de imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados