Secretários financiam produção de respiradores

Ponta Grossa

29 de abril de 2020 09:00

Da Redação


Relacionadas

Piloto de moto e garupa têm fêmur fraturado após colisão

Município confirma mais 19 casos de coronavírus em PG

Obras da fase 2 do Lago de Olarias irão iniciar nesta semana

Jovem perde controle de veículo e atinge carros parados
Carro capota após colisão no bairro Órfãs
Homem agride companheira e ameaça matar filho de 7 meses
1º BPM realiza Operação Ostensividade II em PG
A produção será realizada pelos estudantes de Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica e Ciências da Computação da UTFPR Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

O patrocínio foi anunciado pelo prefeito Marcelo Rangel em reunião de apresentação do projeto de produção de ventiladores hospitalares promovido pela UTFPR e DAF Caminhões

 

O prefeito Marcelo Rangel anunciou na tarde dessa terça-feira (28) o financiamento da produção de aparelhos de interface respiratórios, por parte dos secretários municipais, para atender os pacientes hospitalizados com sintomas graves do novo coronavírus. O anúncio foi feito durante a apresentação de um projeto elaborado pelos estudantes e professores do câmpus de Ponta Grossa da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e da DAF Caminhões, que consiste na elaboração de ventiladores hospitalares. A exposição do projeto aconteceu no auditório da DAF.

O projeto de parceria entre a UTFPR e a DAF tem por intuito inicial produzir dez aparelhos de interface respiratório, modelo ventiladores hospitalares. A produção será realizada pelos estudantes de Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica e Ciências da Computação, com a supervisão dos professores dos respectivos cursos. A DAF cedeu um motor para a construção do equipamento, mas ainda há a necessidade de que haja mais patrocinadores para custear a produção que chega no máximo a R$ 10 mil por equipamento. O intuito é atender aos pacientes da cidade e da região que vierem a precisar por conta da pandemia da Covid-19.

Sabendo da necessidade de investimentos no setor da saúde, o prefeito intermediou um contato com os secretários para verificar a possibilidade de patrocinarem o projeto, doando dinheiro dos próprios salários para a produção de um equipamento. Outras empresas também anunciaram o apoio e o patrocínio ao projeto, como a Águia Sistemas de Armazenagem, a Alegra Foods, o Sicredi, a Prestes Construtora e o Rotary Club Ponta Grossa.

“Agradeço aos alunos, professores da UTFPR e funcionários da empresa pelo engajamento e preocupação com a nossa população. Esse projeto é um símbolo de resistência e um sinal de que estamos unidos pelo mesmo propósito. Fico contente em saber que uma iniciativa dessa tenha sido tomada em uma universidade da nossa cidade, por uma empresa do município e pelos nossos estudantes. Exponho meu reconhecimento pelo apoio prestado dos empresários e das instituições. Nós, da Prefeitura, faremos o possível para apoiar essa inovação que pode beneficiar tanto a nossa população quanto de outras cidades”, destaca o prefeito Marcelo Rangel.

Um protótipo já foi criado pelos universitários. O mesmo equipamento foi apresentado durante a reunião que ocorreu na DAF na tarde desta terça-feira, com a presença do prefeito, do procurador geral do município, João Paulo Deschk; e dos secretários de Saúde Rodrigo Manjabosco e Angela Pompeu. “Os aparelhos que serão construídos são inovadores e economicamente rentáveis. Eles auxiliam a respiração dos pacientes que estiverem com falta de ar e com demais sintomas graves da Covid-19. Com a produção feita pelos próprios estudantes, economizaremos com a compra dessas ferramentas”, ressalta a secretária adjunta de Saúde, Angela.

Durante a reunião de apresentação do projeto, o diretor de desenvolvimento de produto da DAF Brasil, Ricardo Coelho, elogiou o papel da administração municipal, que está conseguindo manter a cidade como uma das melhores em índice de incidência de coronavírus no sul do país. “Eu reconheço o trabalho do poder público e por isso decidimos alinhar essa parceria com a universidade para colaborar não só com o nosso município, mas com os demais que também vierem a precisar dos aparelhos”, alega Ricardo.

As empresas ou pessoas que quiserem colaborar com o projeto financeiramente ou com mão de obra podem entrar em contato com o professor da UTFPR Nelson Canabarro pelo telefone 99969-0193 ou pelo e-mail: [email protected]

Informações Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados