Elizabeth assume PG se mandato for prorrogado

Ponta Grossa

08 de maio de 2020 15:24

Da Redação


Relacionadas

Procon de PG atende por canais oficiais durante pandemia

Comerciantes são atacados por bandidos em PG

Paraná alinha modelagem do novo Anel de Integração

Mulher invade casa do ex-marido e entrega armas à PM
Equipe do Pronto Socorro encontra drogas com paciente
Temperatura em PG fica negativa pelo segundo dia seguido
Sala do Empreendedor amplia canais de atendimento remoto
Rangel deixa Elizabeth no comando de Ponta Grossa se o mandato for prorrogado Foto: Doc.com
PUBLICIDADE

Prefeito já declarou que pretende encerrar o seu segundo mandato à frente da administração municipal em 31 de dezembro

Existe um início de debate em Brasília para definir o que será feito em relação às Eleições 2020. Diante da pandemia do novo coronavírus, há quem defenda a prorrogação da data do pleito, marcado para 04 de outubro deste ano, com segundo turno no dia 25 do mesmo mês, mas com a realização ainda neste ano, em novembro ou dezembro, enquanto outra vertente quer o adiamento da ida às urnas, unificando as eleições municipais com as estaduais e nacional, em 2022. As informações são do Blogdodoc.com

Tal possibilidade ainda é remota, mas existe. Isso será definido em junho, segundo já declarou o novo presidente eleito do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, que assume no lugar da atual presidente, a ministra Rosa Weber, ainda neste mês.

Em Ponta Grossa, mesmo que as eleições sejam adiadas para 2022 e os mandatos dos atuais prefeitos estendidos até lá, o prefeito Marcelo Rangel (PSDB) já declarou que pretende encerrar o seu segundo mandato à frente da administração municipal em 31 de dezembro deste ano. Portanto, caso essa possibilidade remota dos mandatos serem prorrogados efetivamente aconteça, quem assumirá a Prefeitura será a vice, Elizabeth Schmidt (PSD), por um período de 2 anos.

A declaração do prefeito ocorreu durante uma live na noite de quarta-feira (06), via Instagram, quando expôs informações acerca do decreto que permitirá a abertura de igrejas em Ponta Grossa a partir do próximo domingo (10).

“Já estão falando em adiar as eleições e prorrogar os mandatos dos prefeitos por dois anos. Quero dizer aqui que fui eleito para um segundo mandato de quatro anos pela população, e é esse período que vou cumprir. Caso essa possibilidade ocorra, quem vai assumir a Prefeitura será a minha vice”, declarou Rangel, enfatizando que pretende retomar e se dedicar integralmente às suas atividades empresariais e no rádio a partir do ano que vem.

 

PUBLICIDADE

Recomendados