Diretor apresenta ações da Sicredi Campos Gerais

Ponta Grossa

13 de maio de 2020 21:03

Da Redação


Relacionadas

PG registra novos casos de Covid e total ultrapassa 400

Prefeitura prorroga data para pagar taxas de funcionamento

Rapaz com mandado de prisão em aberto é preso em Uvaranas

Homens são presos com pistola, munição e dinheiro em PG
Jovens promovem algazarra com muito álcool na Boa Vista
Homem é esfaqueado após ter casa assaltada em PG
Mercado da Família registra aumento de atendimentos
Márcio Zwierewicz traçou os objetivos que a cooperativa está implementando durante a crise econômica Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Márcio Zwierewicz traçou os objetivos que a cooperativa está implementando durante a crise econômica

O Portal aRede, o Jornal da Manhã e outros veículos de imprensa do Paraná entrevistaram de modo remoto Márcio Zwierewicz, diretor executivo da Sicredi Campos Gerais PR/SP. As perguntas foram enviadas para assessoria de imprensa da cooperativa que encaminhou as respostas do diretor executivo. A intenção de evitar uma coletiva de imprensa se dá por orientações de órgãos da saúde que recomendam evitar aglomerações.

Durante o ‘pingue-pongue’, o diretor comentou sobre expansão da cooperativa, como ficam as aberturas de novas agências este ano, ampliações, as ações do Sicredi frente à Covid 19, além de novidades em parcerias e promoções da cooperativa.. 

Acompanhe a entrevista a seguir:


Jornal da Manhã e aRede: Como ficam as aberturas de novas agências no ano de 2020? E as ampliações e reformas das agências?

Márcio Zwierewicz, diretor executivo da Sicredi Campos Gerais PR/SP: Em 2020, já entregamos a ampliação de Carambeí que está operando normalmente em espaço revitalizado. Temos para Outubro deste ano a inauguração da nova sede em Palmeira, que contará com mais de 800 m² espaço para atender os nossos associados com mais comodidade e conveniência.

Ainda temos, a já divulgada nova agência de Ponta Grossa com inauguração prevista para inicio de 2021, no Jardim Carvalho, na avenida Monteiro Lobato, fruto do pleito da comunidade. E na última semana, assinamos o contrato com uma nova agência em Curitiba, no bairro Bacacheri, que tem inauguração prevista para janeiro/2021.

O Sicredi cresce ou amplia sustentavelmente de acordo com o crescimento da base de sócios.  


JM e aRede: Como fica o atendimento do Sicredi nas próximas semanas?

Zwierewicz: A Sicredi Campos Gerais, a qual podemos responder, seguirá com atendimento sob agendamento para associados e também para quem deseja se associar ou abrir uma poupança no Sicredi. Essa estratégia foi bem avaliada pelos nossos sócios e já temos inclusive o pleito de que o formato se mantenha após a pandemia.

Para agendar, basta você entrar em contato com nossos telefones das agências ou celulares com os gerentes. Todas as nossas fachadas estão sinalizadas com os nossos telefones, mas para você não sair de casa, pode acessar e buscar os telefones no site.


JM e aRede: De que forma o Sicredi irá apoiar nossas comunidades frente à Covid 19?

Zwierewicz: O ciclo assemblear de 2020, relativo aos resultados de 2019, trouxe a novidade do Fundo Social, onde 2% do nosso resultado será destinado aos projetos sociais de associados.

Diante da pandemia, nossos conselheiros recomendaram destinarmos todo o recurso aos efeitos do Coronavírus. Cada projeto irá receber até 12 salários mínimos, sendo apoiado 1 projeto por agência. Já temos dois projetos em andamento, um em Castro e outro em Carambeí, ambos com foco em minimizar a fome gerada pela crise.

Os projetos são avaliados em primeiro nível pelo crivo da agência conjuntamente com seus coordenadores de núcleo e em 2º nível pela diretoria e conselho de administração. Para enviar seu projeto, entre em contato com seu gerente.  


JM e aRede: Como está funcionando a parceria com o Operário em Ponta Grossa? Tem oportunidade para que seja feita em outros clubes do país?

Zwierewicz: Todos os estudos apontam o esporte como um dos mais impactados pela crise. Diante desse cenário, lançamos uma campanha promocional que visa reduzir a inadimplência (por consequência, também o endividamento) e aumentar número de sócios tanto para nós como para o Operário.

Com essa ação, quando o sócio torcedor coloca sua mensalidade em débito automático, o Sicredi destina R$10 para o sócio e R$10 para o clube. Para manter o benefício até dez/20, basta colocar mais um débito em conta. Para saber mais sobre essa iniciativa, basta acessar sicredi.com.br/camposgerais, na aba promoções. 

Quanto ao desdobramento da iniciativa para outras instituições/clubes de futebol, entendo como totalmente viável. Essa negociação é sustentável, pois deriva recursos que são gerados pelo próprio associado quando centraliza as operações dele conosco.  


JM e aRede: A promoção da poupança continua?

Zwierewicz: Continua sim, como os sorteios, bem como a distribuição de números da sorte são eletrônicos, não houve impacto. Neste ano, vamos distribuir R$ 2,5 milhões em prêmios, o maior valor em cinco edições da campanha.

A participação é muito simples: a cada R$ 100 de incremento líquido na poupança do associado, um número da sorte será distribuído – se as aplicações forem na modalidade programada (quando há o débito programado mensal para conta poupança do associado), as chances de ganhar são em dobro.

Durante a ação, que segue até dezembro, serão realizados sorteios semanais de R$ 5 mil, um sorteio especial de R$ 500 mil, em comemoração ao mês da poupança, em outubro, além do grande prêmio final R$ 1 milhão, entregue em dezembro de 2020.


JM e aRede: Como o Sicredi avalia esse período em investimentos? Está mantendo? E as perspectivas do cenário para os próximos meses?

Zwierewiczi: Em todo o Sistema Sicredi, a poupança registrou um incremento de mais de R$ 850 milhões, o maior desempenho dos últimos três anos na instituição financeira cooperativa. Neste momento, é importante fazer uma reserva para lidar com possíveis imprevistos ou planejar com mais segurança os investimentos futuros. Outro fator que contribuiu para o crescimento nos depósitos da poupança do Sicredi, é a confiança dos associados na instituição financeira. 

O cenário na nossa região é promissor, como sempre o agronegócio fazendo a diferença em momentos de crise. Acredito que a safra atual manterá a economia estável por aqui. Pensando nesse cenário, em que muitos associados estão optando por guardar, estamos oferecendo taxas ainda mais atrativas como diferencial competitivo para que o Sicredi continue sendo sempre a melhor opção para você.


JM e aRede: Qual a projeção em relação aos empregos dos colaboradores durante e pós-pandemia? Há algum plano de manutenção desses empregos?

Zwierewicz: Não temos nenhum cenário que justifique redução do nosso quadro, pelo contrário, temos vagas abertas em nosso site, na aba trabalhe conosco e como estamos expandindo nossas agências em breve, teremos novas vagas.


Doação

A Sicredi Campos Gerais PR/SP doou no final do mês de abril à Fundação de Assistência Social de Ponta Grossa, (FASPG), 425 litros de detergente concentrado. A doação chegou para famílias participantes da ação “PG Sem Fome”, campanha criada para atender pessoas em situação de vulnerabilidade social durante o enfrentamento ao Coronavírus. A doação é resultado do ‘Atitude Consciente’, projeto de sustentabilidade e ação social criado pelo Sicredi em 2014 e que visa a reciclagem de óleo.

PUBLICIDADE

Recomendados