Envolvido em golpes do bilhete é preso em PG

Ponta Grossa

15 de maio de 2020 18:02

Da Redação


Relacionadas

Muffato reinaugura renovada loja Olarias nesta terça

Rangel explica quando 'lockdown' ocorreria em PG

PG fecha 234 vagas de emprego em maio

Grave acidente deixa vítima em PG; veja imagens
UEPG reforça infraestrutura para garantir ensino remoto
PG registra 18 novos casos de coronavírus
Incêndio destrói casa no Jardim Paraíso
Carro do acusado de série de golpes foi apreendido Foto: Divulgação/13ª SDP
PUBLICIDADE

Acusado responde a inquéritos policiais no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, além de diversos processos criminais no Estado do Paraná

A Polícia Civil de Ponta Grossa prendeu homem de 50 anos envolvido em uma série de golpes do bilhete premiado. Segundo a 13ª SDP, identificou-se que ocorreram três crimes de estelionato, conhecidos como golpe do bilhete premiado, entre os dias 18 de novembro de 2019 e 26 de novembro de 2019, em que, pelo modo de agir dos autores, assim como pelas suas características físicas, poderiam ter sido praticado pelos mesmos autores.

As vítimas dos crimes eram mulheres, entre 58 e 66 anos de idade, ocasião em que eram abordadas por uma mulher jovem que pedia informações acerca bilhete, com anotações, alegando-se analfabeta, em seguida, eram abordadas por um homem que convencia a vítima a ajudar a mulher no resgate do prêmio da loteria e para tanto eram convencidas a realizar saques em agências bancárias. Nos crimes, as vítimas foram até as agências bancárias, no veículo dos autores, após o saque, o valor era repassado para os autores.

Os autores, com intento de fugir da vítima, após receber valores desta, em uma das ocasiões, deixaram-na própria agência bancária, enquanto esta tentava fazer novos saques. Em outra situação, a mulher que aplicava o golpe simulou que estava passando mal, ocasião em que a vítima foi convencida a descer do carro para comprar água para aquela tomar o remédio e, assim os autores fugiram.

Finalmente, na última situação, após a mulher simular estar passando mal e ante a insistência que a vítima descesse para comprar água, esta desconfiou, ocasião em que passou a ser agredida pela mulher, que lhe tomou o aparelho celular e a chutou para dentro do veículo.

Ante o exposto, identificado o homem envolvido com o crime, representou-se pela prisão preventiva deste, em razão dos estelionatos e roubo impróprio praticado, assim como pelo mandado de busca e apreensão em seu endereço, em Fazenda Rio Grande, região metropolitana de Curitiba, representando-se, também, pelo sequestro do seu veículo, supostamente, adquirido com o proveito dos crimes praticados.

Nesta sexta-feira (15), procedeu-se ao cumprimento do mandado de busca e apreensão na residência do suspeito, apreendendo-se o veículo deste, assim como ao cumprimento da respectiva prisão preventiva do autor.

Destaca-se que o indivíduo preso, responde por inquéritos policiais no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, além de diversos processos criminais no Estado do Paraná, contando com mais de uma condenação, no Paraná, por estelionato, assim como condenação pelo crime de extorsão.

PUBLICIDADE

Recomendados