ACIPG estuda impactos da covid-19 nos negócios da cidade

Ponta Grossa

20 de maio de 2020 11:29

Da Redação


Relacionadas

Prefeitura confirma terceira morte por covid-19 em PG

Feira de Hortaliças acontece às terças e sextas em PG

Obras deixam 21 vilas de PG sem água no domingo

PG ainda tem disponíveis 3 mil vacinas contra a gripe
Homem invade trabalho da esposa e tenta agredi-la
Como o inglês pode te destacar no mercado de trabalho
Motorista foge após acidente na Avenida Souza Naves
ACIPG também investiga como foi aceitação de empresários das iniciativas adotadas na cidade Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Situação econômica perante a crise foi levantada na pesquisa institucional realizada entre abril e maio

A Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG) realizou no final do mês de abril e início de maio, uma pesquisa com o objetivo de atualizar a base cadastral de associados, os impactos da covid-19 nos negócios, bem como a aceitação das iniciativas da instituição perante a crise gerada pela pandemia. 

A pesquisa idealizada pelo diretor de Assuntos Comunitários e Governamentais, Luiz Eduardo Pilatti Rosas, e colocada em execução pelos diretores de Soluções Empresariais, Carlos Tsukada e pelo diretor de Comunicação e Marketing, Athos Sá. Os dados foram levantados por telefone pelo Departamento Comercial da ACIPG entre os dias 27 de abril e 8 de maio, com 413 questionários respondidos.

Larissa Pepe, gerente comercial e responsável pela pesquisa, relata que o objetivo além de levantar dados, teve também o intuito de se aproximar do associado. “Nosso objetivo foi conversar com o máximo de empresários possível, para também apresentar as ações que a ACIPG tem feito como o Plano de Apoio ao Empresário Associado (PAE), as lives realizadas no primeiro mês de medidas restritivas ao comércio local, sanando as dúvidas do empresariado, como também os cursos do Programa Conexões, e ainda as parcerias com as cooperativas de crédito (Sicredi e Sicoob)”, comenta.

Pilatti falou da pertinência da pesquisa pela importância da aproximação da instituição com o associado. Ele relata que as pesquisas realizadas pela internet a participação era pequena e não se sabia o porquê. “Precisamos nos aproximar dos associados pois a batalha em relação aos impactos da Covid-19 continuará pelos próximos meses”, aponta o diretor, salientando que outras pesquisas sejam efetuadas aumentando a quantidade associados respondentes.

O gerente institucional, Gilmar Denck, comentou que os associados ficaram satisfeitos com o interesse da ACIPG com empresários, que ouviu as demandas e angústias neste momento de delicado frente a pandemia. Segundo ele, uma das reclamações mais latentes foi a abertura plena do comércio local, devido aos decretos municipais. “O que muitos não sabem é que a ACIPG está lutando pela abertura, dentro da lei e de uma estratégia. O objetivo não é atrapalhar, mas sim, encontrar caminhos para a reabertura segura para a sociedade”, aponta o gerente.

Todos os dados levantados com a pesquisa da ACIPG estão disponíveis no site da Associação.

Informações assessoria de imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados