Rudolf comemora valorização de profissionais de Saúde em PG

Ponta Grossa

20 de maio de 2020 21:05

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

Construtora abrirá 34 vagas de emprego em PG

PG confirma sexto óbito pelo novo coronavírus

Sesa sinaliza 25 novos leitos de UTI em Ponta Grossa

Polícia Civil prende suspeito de abusar de adolescentes
Novo exame de Bolsonaro dá positivo para covid-19
Cescage promove o oitavo dia do Ciclo da Ciência
Rangel exonera 31 cargos comissionados ligados ao DEM
Rudolf é autor de uma solicitação à Prefeitura para que os profissionais recebam o adicional Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Vereador celebrou decisão da Prefeitura em estabelecer 40% de insalubridade para envolvidos no combate ao coronavírus. Rudolf é autor de pedido de valorização na Câmara

O vereador Rudolf Polaco (PSL) comemorou a decisão da Prefeitura de Ponta Grossa em estabelecer o adicional de 40% no salário de servidores da Saúde, valor relacionado ao teto de insalubridade para aqueles que atuam no combate ao coronavírus. A decisão, confirmada pelo prefeito Marcelo Rangel (PSDB), vem após um pedido do próprio vereador.

Rudolf é autor de uma solicitação à Prefeitura para que os profissionais recebam o adicional. O documento nº 46/2020 foi encaminhado ao poder Executivo no dia 18 de março, quase dois meses antes da decisão do prefeito – anunciada em 14 de maio. “É uma decisão que valoriza os profissionais que estão na linha de frente do combate ao coronavírus. Pessoas que estão se arriscando todos os dias nos hospitais, postos de saúde e todas as unidades da nossa cidade merecem ser respeitadas e valorizadas”, conta.

O aumento do adicional de insalubridade já deve ser pago, de acordo com o prefeito, no salário do mês de junho dos profissionais de Saúde. O vereador ainda parabenizou o prefeito pela decisão tomada. “Toda medida tomada para melhorar as condições de nossos profissionais é bem-vinda. Neste momento, precisamos concentrar todos os nossos esforços no combate à pandemia. Entendo tudo que estamos passando em relação à Covid-19, mas precisamos disponibilizar ferramentas, como poder público, para acabar com essa situação”, afirma.

Informações da assessoria de imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados