São Camilo entrega primeira etapa de complexo em julho

Ponta Grossa

22 de maio de 2020 18:40

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

Ponta Grossa perde R$ 11,5 milhões na receita de maio

Saúde realiza vacinação contra gripe no Parque Ambiental

PG inicia revitalização da Fernandes Pinheiro na segunda

Idosa é atropelada por moto na Visconde de Taunay
Rangel decide reabrir Lago de Olarias ao público
Motociclista sofre lesão após acidente em Uvaranas
PRF apreende drogas e celulares em ônibus na BR-376 em PG
PUBLICIDADE

Centro hospitalar terá 308 leitos, 12 salas de cirurgia, mais de 40 especialidades médicas e 38 mil metros quadrados construídos

A Rede São Camilo irá inaugurar a primeira etapa em Ponta Grossa de um dos maiores e mais completos complexos hospitalares da região dos Campos Gerais. Trata-se do Centro Hospitalar São Camilo, com previsão de entrega da primeira etapa no final de julho, ampliando o atendimento e inovando em vários aspectos. O complexo está localizado na rua Siqueira Campos, no bairro de Uvaranas.

Com uma estrutura moderna e tecnologia de última geração, além dos profissionais qualificados, o Centro Hospitalar São Camilo contará com seis novos blocos, o que permite a adoção de vários procedimentos. No total serão 308 leitos, sendo 274 para adultos, 14 pediátricas e 20 obstétricas, além de 40 leitos de UTI e 12 salas de cirurgia.  Segundo as informações repassadas pela profissional Halyne de Souza Neves do setor comercial, após a conclusão total do projeto, “o Centro Hospitalar São Camilo deverá ser o maior hospital da região, com mais de 38 mil metros construídos”.

A primeira etapa, informa a instituição de saúde, tem a previsão de inauguração no final de julho já com 67 leitos, 10 leitos de UTI e seis salas de cirurgia. Contará, ainda, com “toda a infraestrutura moderna, tecnológica, (onde) a população de Ponta Grossa contará com todos os serviços hospitalares concentrados em um único hospital”, elenca a profissional.

A instituição também reforça o combate ao novo coronavírus. “O Centro Hospitalar implantou protocolos e fluxos internos para controle da disseminação do vírus na instituição. Separamos todos os fluxos de pacientes com síndromes respiratórias e/ou gripais que caracterizem suspeita da Covid-19, desde a triagem/pronto atendimento, até as alas de internação e UTI, com estrutura específica para esta patologia, evitando assim o contato com os demais pacientes”, explica Halyne.

O São Camilo adota medidas em relação aos colaboradores que, destinados para estes setores de combate à covid, não atendem outras áreas do hospital. “Também como medida preventiva, desde o início dos atendimentos, foram suspensas as visitas a todos os pacientes internados, e na área destinada para as internações destes pacientes, foi suspenso a permanência de acompanhantes - exceto casos especiais. Até o presente momento não tivemos nenhuma internação de paciente confirmado com Covid-19”, conclui a profissional do setor comercial.

PUBLICIDADE

Recomendados