PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Polícia apreende mais de 370 quilos de maconha em PG

Ponta Grossa

24 de maio de 2020 07:55

Da Redação


Relacionadas

Livraria São Luiz é reinaugurada em Ponta Grossa

Jovem fica ferido após colisão entre duas motos em Uvaranas

Presidente da Caixa participa de evento em PG

Rotaract Alagados distribui sopa e pães a moradores de rua em PG
Veículo furtado é localizado horas depois na Vila Nova
PG inicia vacinação para público geral com 33 anos
Museu Campos Gerais abre exposição ‘Múltiplo Leminski’
PUBLICIDADE

Operação do Pelotão de Choque foi desencadeada na noite deste sábado a partir de denúncias anônimas; duas pessoas foram presas

O Pelotão de Choque do 1º Batalhão de Polícia Militar (BPM) deu mais um duro golpe no tráfico de drogas em Ponta Grossa e na região dos Campos Gerais. Quase 400 quilos de maconha foram apreendidos numa abordagem na Avenida Souza Naves (trecho urbano da BR-373 em Ponta Grossa), no bairro Contorno, por volta das 19h deste sábado (23).

De acordo com a PM, a apreensão foi possível graças a denúncias anônimas que relatavam a chegada de dois veículos carregados com drogas vindos da cidade de Campo Mourão. Os policiais fizeram patrulhamento e encontraram os dois carros, mas na tentativa da abordagem um dos motoristas acelerou e fugiu. O outro abandonou o veículo no local e conseguiu escapar a pé.

Dentro do carro deixado pelo suspeito, os policiais encontraram dezenas de tabletes de maconha que, somados, pesaram quase 345 quilos. O homem que conseguiu fugir não foi encontrado até a publicação desta matéria.

Enquanto uma equipe cuidava desta situação, outros policiais militares seguiram em busca do veículo que fugiu da abordagem e, pouco depois, novas denúncias informaram a localização dos suspeitos. Eles foram encontrados e, no porta-malas do automóvel, foram apreendidos mais 25 quilos da mesma droga. Os dois ocupantes do carro, de 33 e 37 anos, foram presos em flagrante.

Todo o produto apreendido foi levado à 13ª Subdivisão Policial (SDP) juntamente com os presos para as devidas providências. A Polícia Civil agora investiga quem receberia as drogas e apura outros envolvidos com o comércio de entorpecentes na cidade.

PUBLICIDADE

Recomendados