Prestes conclui obra de pavimentação em PG

Ponta Grossa

26 de maio de 2020 14:27

Da Redação


Relacionadas

PG registra segundo óbito pelo novo coronavírus

Ensino híbrido será adotado na volta às aulas em PG

Camargo ressalta trabalho para retirada de crianças das ruas

Cescage abre inscrições para o vestibular de inverno
Comunidade entra na justiça para paralisar obra na BR-373
Ponta Grossa tem 22 novos casos de coronavírus
Beetools inova com aulas remotas na pandemia
A pavimentação de um trecho da rua General Barbedo trouxe mais comodidade e facilidade de acesso a outra importante via, a Avenida Panamericana Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Cobertura asfáltica da Rua General Barbedo foi a primeira medida mitigadora aprovada pelo EIV

Melhorar as condições de mobilidade e acesso de moradores da região de Oficinas foi um dos objetivos de uma obra que acaba de ser concluída. A pavimentação de um trecho da rua General Barbedo trouxe mais comodidade e facilidade de acesso a outra importante via, a Avenida Panamericana.

A pavimentação de 670 metros lineares, bem como todo sistema de drenagem, foi subsidiada pela Prestes Construtora e Incorporadora. O obra avaliada em R$ 1 milhão de reais é parte do programa de medida mitigadora, prevista na lei Estudos de Impacto de Vizinhança (EIV) com vigência desde 2016. De lá para cá, todas as obras aprovadas pelo Iplan – Instituto de Planejamento e Urbanismo de Ponta Grossa devem realizar alguma obra em benefício da comunidade. O tamanho e o valor investido dependem de critérios definidos pelo poder público, que considera o tamanho do empreendimento e o reflexo que ele trás à comunidade do entorno.  

No caso da obra da General Barbedo, os investimentos fazem parte da medida mitigadora necessária para a construção do empreendimento Vittace Oficinas. O condomínio que conta com 256 unidades está em fase final de obras e deve ser entregue até dezembro deste ano.

E para quem mora na região, como é o caso da professora Verydiana Barretto, as melhorias facilitaram a vida de quem transita por ali. “Antes era uma rua com buracos, íngreme e bastante escorregadia em tempos de chuvas. Com a pavimentação, não é mais necessário desviar, o que trouxe mais segurança aos motoristas, pedestres e moradores”, destaca. Outro aspecto apontado pela educadora está no ganho em qualidade de vida dos moradores. Ela aponta que antes o pó era um problema e que após a pavimentação isso deixa de existir, valorizando os imóveis e garantindo mais conforto para quem vive nas proximidades.

Para o diretor de Inteligência Imobiliária da Prestes, Eduardo Consorte, a obra na General Barbedo é uma das dezenas previstas pela construtora. Com outras cinco obras em andamento no município de Ponta Grossa, a expetativa é que nos próximos anos o retorno em investimento chegue próximo aos R$ 5 milhões. Entre as obras estão a criação de um binário na Siqueira Campos, em Uvaranas, a revitalização completa de uma praça no Jardim Carvalho, melhoria na rotatória do Santa Paula, bem como obras na escola e creche deste bairro. “A obra da General Barbedo foi a primeira a ser aprovada dentro da lei do EIV, o que para nós é motivo de muito orgulho”, frisa. Ele destaca que este sentimento está atrelado ao propósito da construtora. “Nossa missão prevê a geração de prosperidade para as famílias, sejam elas clientes ou comunidade. E ver que isso não é um discurso e sai da teoria para prática com obras capazes de melhorar a condição de quem vive ali é, de fato, um sentimento de dever cumprido”, destaca. A próxima obra que deverá ser entregue à comunidade é da praça Júlio César Spartalis, no Jardim Carvalho. A reconstrução do espaço é uma iniciativa da Prestes com a comunidade, que participa do desenvolvimento do projeto, atuando no estudo do que é mais interessante, na captação de recursos e na manutenção do espaço, após entregue. A expectativa é que a praça seja entregue até maio de 2021.

PUBLICIDADE

Recomendados