PG oferece abrigo para pessoas em situação de rua durante frio intenso

Ponta Grossa

28 de maio de 2020 21:00

Da Redação


Relacionadas

Rudolf viabiliza doação de projeto de interiores para HU

Posto Rodoil será inaugurado nesta segunda em PG

Elizabeth destaca experiência na vida pública e força do PSD

aRedeShopping disponibiliza mais de 3 mil produtos
‘Drive-thru solidário’ ocorre neste domingo
Curso de Gestão feito na UEPG adia divulgação de resultados
PG bate recorde de casos e tem mais de 500 registros de Covid
A Prefeitura Municipal também realizará doações de mantas, agasalhos e comida para aquecer a população mais vulnerável. Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

A Prefeitura Municipal também realizará doações de mantas, agasalhos e comida para aquecer a população mais vulnerável.

Ponta Grossa também é conhecida pelas baixas temperaturas. Quando as temperaturas caem é o momento de retirar os casacos e cobertas do armário. E como ficam as pessoas em situação de rua? 

A Prefeitura Municipal realiza doações de mantas, agasalhos e comida para aquecer a população mais vulnerável. Neste ano também haverá um local para que estas pessoas passem a noite, que será liberado a partir desta sexta-feira (29). 

O Serviço Especializado em Abordagem Social, ligado a Fundação Municipal de Assistência Social (Faspg), está disponibilizando um telefone de plantão, onde os munícipes poderão entrar em contato caso encontrem alguém dormindo na rua, nas noites geladas da cidade. As chamadas devem ser feitas para o 42 98872-3820, os encaminhamentos serão pelo serviço ou livre demanda. O local destinado a receber as pessoas em situação de rua será o ginásio de esportes Zucão, rua General Rondon, 2-158, na Nova Rússia.

“Este telefone será exclusivo para o atendimento. É importante que a população esteja ciente da importância de não passar trotes, para que o serviço seja eficiente e preciso. Quando o munícipe entrar em contato, é necessário que seja informado, corretamente, o local que o cidadão está, desta maneira a equipe chegará mais rápido até a situação”, destaca a presidente da Faspg, Simone Kaminki. Assim que o plantonista receba a ligação uma equipe será deslocada para o atendimento, verificando as condições da pessoa e realizando encaminhamento para abrigo, quando necessário.

Atualmente a cidade conta com aproximadamente 110 pessoas que residem nas ruas da cidade, estes poderão passar a noite no ginásio a partir de das 20h às 22h, podendo ficar até às 8h do dia seguinte. As pessoas contarão com colchões, cobertores, kit de higiene pessoal, máscara, álcool em gel e um kit lanche.

Com informações da Assessoria de Imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados