Em PG, Polícia Civil investiga sumiço e tortura de rapaz

Ponta Grossa

23 de junho de 2020 12:07

Afonso Verner


Relacionadas

“Não haverá aumento de imposto sobre os refrigerantes”, diz Bakri

Prefeitura assinará R$ 30 mi do Finisa junto à Caixa

PG tem uma das maiores altas de ISS do Sul do país

MM é uma das melhores empresas para trabalhar
Inaugura em Ponta Grossa Tutti Amici Espaço Pet
Marcio Pauliki fala sobre retorno ao mundo empresarial
Bandidos capotam carro carregado com explosivos
PUBLICIDADE

Familiares informaram desaparecimento nesta segunda-feira (22) à Polícia Civil. Imagens de tortura do jovem têm circulado nas redes sociais

A Polícia Civil investiga o desaparecimento de um rapaz identificado apenas como Juliano - o sobrenome do jovem não foi revelado. O sumiço do jovem foi informado oficialmente às autoridades nesta segunda-feira (22) quando familiares registraram um boletim de ocorrência (BO). Imagens do jovem, que é usuário de drogas, sendo torturado têm sido compartilhadas nas redes sociais. 

A investigação é comandada pelo delegado Fernando Jasinski que falou sobre o caso (clique no player acima para conferir). Segundo o delegado, o rapaz foi visto pela última vez na quinta-feira (18). "Os familiares contaram que ele é usuário de drogas e pode ter realizado alguns furtos simples”, disse, Jasinski. 

Segundo Fernando, as imagens da tortura contra Juliano tem circulado em aplicativos de mensagens. “Estamos ouvindo testemunhas e buscando identificar os agressores e entender o que de fato aconteceu. Lembramos que a população nunca deve e nem pode fazer justiça com as próprias mãos”, disse Jasinski. 

O delegado conta que os agressores podem ser enquadrados no crime de tortura ou até mesmo de homicídio. A Polícia Civil ainda trabalha para encontrar Juliano.

PUBLICIDADE

Recomendados