Prefeitura prepara nova operação Toque de Recolher

Ponta Grossa

25 de junho de 2020 14:12

Da Redação


Relacionadas

Bandidos rendem motorista e fogem com carro em Uvaranas

PG tem multa mais pesada pelo não uso de máscara

Bêbado na contramão dá de cara com policiais em PG

‘PG sem Fome’ arrecada toneladas de alimentos
PM flagra adolescente pilotando moto furtada em PG
Sanepar interliga novas redes no Centro
HU-UEPG tem dois leitos de UTI disponíveis nesta segunda
Fiscalização será realizada por ação integrada com agentes da Secretaria da Fazenda, Guarda Municipal e Polícia Militar Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Fiscalização será realizada por ação integrada com agentes da Secretaria da Fazenda, Guarda Municipal e Polícia Militar

A Prefeitura de Ponta Grossa realizou nesta quinta-feira (25) pela manhã uma reunião para alinhar os detalhes da operação de fiscalização do toque de recolher, determinado novamente para este final de semana através decreto nº 17.424.  De acordo com a determinação, fica proibida a circulação de pessoas nas vias públicas do município entre 23h e 6h, sob pena de multa ao estabelecimento irregular de 10 VR (valor de referência), somando R$ 837,90. A fiscalização será realizada por operação integrada entre agentes da Secretaria da Fazenda, Guarda Municipal e com apoio da Polícia Militar.

O toque de recolher será válido para os dias 26, 27 e 28 de junho. Serviços de alimentação podem manter funcionamento após às 23 horas apenas na modalidade de delivery. A autorização de atendimento sob entrega é válida tanto para restaurantes e lanchonetes em estabelecimentos fixos, como também para trailers e food trucks. Serviços essenciais como atividades médicas e hospitalares, farmácias, serviços funerários, serviços de segurança, serviços de táxi e aplicativos, serviços da imprensa em plantão, serviços da indústria e postos de combustível podem manter funcionamento normal.

“Nosso objetivo é reduzir a circulação de pessoas nos dias e horários que mais recebemos denúncias sobre festas clandestinas e aglomerações em bares e casas noturnas. No final de semana anterior, a ação foi bastante efetiva e tivemos um resultado positivo, caindo pela metade o número de denúncias. Vamos reforçar nossa fiscalização, disponibilizando cinco equipes da Fazenda e cinco equipes da GM, para garantir que o número de irregularidades seja o menor possível”, avalia o secretário da Fazenda, Cláudio Grokoviski.

O toque de recolher visa impedir principalmente o funcionamento de lojas de conveniência e a aglomeração de pessoas no local, além de disk bebidas e serviços similares, que devem encerrar os atendimentos às 23h, sendo vedado o atendimento via delivery ou retirada no balcão. 

Para os trabalhadores dos setores essenciais que poderão manter funcionamento no período, e podem ser abordados durante o deslocamento para casa ou trabalho, a orientação é para que estejam portando forma de comprovação de vínculo com empresa, que pode ser crachá ou uma declaração do empregador, por exemplo.


Com informações da Prefeitura de Ponta Grossa

PUBLICIDADE

Recomendados