Fiscais encontram 12 estabelecimentos abertos após as 23h

Ponta Grossa

27 de junho de 2020 08:33

Fernando Rogala


Relacionadas

Confira o período de isenção da taxa do vestibular da UEPG

John Elvis confirma saída da Agência do Trabalhador

UEPG e parceiras abrem questionário para empresários

Vereador de PG quer câmeras nas ambulâncias do Samu
Professora de Turismo da UEPG integra guia internacional
TV Guará terá mudança de horário no domingo
Ação conjunta combate golpistas que agiam em PG
Fiscalização ocorreu das 23h às 3h Foto: Divulgação/GM
PUBLICIDADE

Operação de fiscalização foi realizada entre a noite desta sexta-feira e madrugada deste sábado. Seis autos de infração foram lavrados e uma notificação por aglomeração foi emitida

O ‘Toque de Recolher’ não foi respeitado por alguns estabelecimentos comerciais em Ponta Grossa na noite desta sexta-feira (26) e madrugada deste sábado (27). As equipes da Guarda Civil Municipal (órgão vinculado à Secretaria Municipal de Cidadania), do 1º Batalhão de Policia Militar e fiscais da Secretaria Municipal da Fazenda foram às ruas a partir das 23 horas e flagraram 12 estabelecimentos abertos, desrespeitando o Decreto da obrigatoriedade do fechamento dos locais a partir deste horário entre sexta e domingo (28).

No total, participaram da ação cinco equipes da fiscalização, com seis viaturas da Guarda Municipal e seis viaturas da PMPR, além de outros veículos de outros órgãos, totalizando 17 viaturas com 53 agentes municipais e do Estado. Denominada “Operação Toque de Recolher”, ela se estendeu até às 3h deste sábado.

No total, 335 locais visitados, dos quais, 12 foram localizados abertos – valor quatro vezes maior que o registrado na primeira noite e madrugada do ‘toque de recolher’ no município. Além disso, 68 pessoas foram abordadas e 28 pessoas foram orientadas pelo não uso ou uso incorreto da máscara.

Como resultado da operação, seis Autos de Infração foram lavrados, no valor de R$ 837,90 cada, como prevê o Decreto Municipal; além de realizar uma notificação por aglomeração e uma notificação de regularização de alvará.

PUBLICIDADE

Recomendados