Fiscais vistoriam 64 locais durante toque de recolher

Ponta Grossa

29 de junho de 2020 09:58

Da Redação


Relacionadas

Confira o período de isenção da taxa do vestibular da UEPG

John Elvis confirma saída da Agência do Trabalhador

UEPG e parceiras abrem questionário para empresários

Vereador de PG quer câmeras nas ambulâncias do Samu
Professora de Turismo da UEPG integra guia internacional
TV Guará terá mudança de horário no domingo
Ação conjunta combate golpistas que agiam em PG
Na noite de sábado, sete estabelecimentos foram multados por descumprirem decreto Foto: Arquivo/GM
PUBLICIDADE

Operação neste domingo encontrou apenas uma lanchonete com irregularidades no alvará

O segundo fim de semana com toque de recolher em Ponta Grossa terminou sem notificações de desrespeito ao horário de funcionamento estabelecido por decreto municipal. De acordo com a Guarda Municipal, que participou da operação ao lado de fiscais da Secretaria Municipal da Fazenda, o trabalho realizado entre a noite de domingo (28) e a madrugada de segunda-feira (29) transcorreu sem problemas.

A operação vistoriou 64 locais e também recebeu 14 denúncias de festas clandestinas, mas nenhuma irregularidade foi constatada pelas equipes de fiscais e guardas municipais. Segundo a GM, apenas uma notificação foi elaborada devido à necessidade de regularização de alvará em uma lanchonete.

Durante todo o fim de semana, 19 estabelecimentos comerciais foram multados por estarem abertos após as 23h, em desacordo com o que prevê o decreto 17.424/2020, que regula o funcionamento de atividades comerciais e proíbe o atendimento ao público das 23h às 6h. O prefeito Marcelo Rangel (PSDB) ainda avalia se o toque de recolher será mantido para o próximo fim de semana.

Saiba mais:

Fiscais encontram 12 estabelecimentos abertos após as 23h

Fiscalização de PG autua sete locais no 'Toque de Recolher'

Marcelo Rangel sinaliza que toque de recolher deve continuar

PUBLICIDADE

Recomendados