Empresa de PG transporta 1º lote de Heineken 0% do Brasil

Ponta Grossa

02 de julho de 2020 12:31

Da Redação


Relacionadas

Veículo que fugiu após acidente era roubado, diz PM

Comércio de PG prevê grande movimentação hoje

Fiscalização notifica 17 eventos particulares em PG

Motorista causa acidente, foge e deixa feridos em PG
Moradores do Santa Maria reclamam de alta velocidade em via
Rotary promove arroz carreteiro para ajudar entidades
Exportações de PG crescem em julho e somam R$ 3,15 bi em 2020
Lote da bebida saiu no fim da tarde de quarta-feira com destino a São Paulo Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Carga foi transportada de Ponta Grossa à cidade de São Paulo. Lote é o primeiro do tipo já produzido no Brasil

A TereJorgis Transportes foi a responsável por movimentar a primeira carga de cervejas 0.0 produzidas pela Heineken, no Brasil. Nesta quarta-feira (1º), às 17h, o lote foi levado da fábrica da Heineken em Ponta Grossa até a sede de um hipermercado em São Paulo (capital) onde chegou nesta quinta-feira (2). Para os responsáveis pela Terejorgis, participar de uma ação importante para no mercado cervejeiro do país é motivo de orgulho.

Estabelecida em Ponta Grossa há mais de 10 anos, a TereJorgis tem a Heineken como uma das principais parcerias. A transportadora é uma das principais colaboradoras da cervejaria na movimentação de cargas nas regiões Sul e Sudeste do Brasil. A transportadora conta com mais de 70 caminhões na frota (entre frota própria e agregada) realizando diversos tipos de movimentação de carga.

Murilo Ribeiro é gerente comercial da empresa e destaca a importância da TereJorgis em participar deste momento. "Atuamos junto da Heineken há alguns anos e temos presenciado a evolução da empresa no mercado nacional. Para nós é um prazer transportar uma carga tão importante e com o valor histórico tão grande para o mercado cervejeiro brasileiro", explica Ribeiro.

Ribeiro lembra que a movimentação de cargas de bebidas é cercada de cuidados e preocupações. "A TereJorgis sempre preza pela segurança dos colaboradores e terceiros, além da preservação natural. Movimentar essa carga histórica em um momento tão difícil para o Brasil e para o mercado econômico é um orgulho. Isso mostra como as empresas de Ponta Grossa estão se fortalecendo", destaca Murilo.

PUBLICIDADE

Recomendados