Rangel assina licitação de R$ 35 mi para o aeroporto

Ponta Grossa

03 de julho de 2020 14:33

Fernando Rogala


Relacionadas

Comércio de PG tem menor queda de vendas do PR

Zampieri questiona sobre contrato de terceirização da UPA

Começa hoje o Congresso Internacional de Direito Processual

Vinicius encaminha homenagem à gestão de parque
PG registra novo óbito por Covid e total chega em 15
Cescage terá debates importantes no Ciclo da Ciência
Sandro notifica Ecovia sobre tragédia na BR-277
PUBLICIDADE

Recurso será utilizado na reestruturação e ampliação do aeroporto. Além disso, o prefeito afirmou que enviará um projeto de proteção ao entorno do aeroporto

O prefeito do município de Ponta Grossa, Marcelo Rangel, assinou, nesta sexta-feira (3), o edital de licitação para as obras de reestruturação e ampliação do Aeroporto Sant’Ana. O documento é referente ao investimento de R$ 35 milhões, fruto de uma liberação do Governo Federal. Além disso, Rangel afirmou que o Executivo está enviado ainda hoje à câmara, um projeto de proteção ao aeroporto, e também uma emenda ao Plano Diretor, para o Distrito Industrial, de modo que nenhum tipo de construção residencial possa prejudicar o desenvolvimento desses dois locais.

Em um vídeo disponibilizado em uma rede social, Rangel, em sua casa, afirmou ter recebido o documento do secretário de Governo, onde fez a assinatura, para possibilitar a liberação do edital de concorrência da seleção da empresa que vai executar os serviços. “Esse documento representa simplesmente R$ 35 milhões. É o ultimo documento para o processo licitatório do aeroporto de Ponta Grossa. O edital de licitação, que acabei de assinar. É o novo aeroporto de Ponta Grossa; recurso que obtivemos através do deputado Sandro Alex”, declarou o prefeito.

Os recursos serão destinados para melhorar a infraestrutura e ampliar o local para que possa, futuramente, receber mais aviões e aeronaves maiores, quando houver a expansão da pista (ou seja: neste momento as obras realizadas não irão ampliar a pista). Entre as obras executadas, explica o superintendente aeroportuário, Victor Hugo de Oliveira, estão a construção de um novo e moderno terminal de passageiros, estacionamento, nova taxiway, ampliação do pátio de aeronaves, e uma nova casa de força, com geradores. As obras deverão ter início ainda neste semestre.

 

Nova legislação ao aeroporto e Distrito Industrial

Além da novidade do aeroporto, o prefeito Marcelo Rangel afirmou que está enviando à câmara um projeto para evitar a alteração de zoneamento no entorno e impedir a construção de residências nas proximidades da pista, especialmente na região do ‘cone’ de pouso e/ou decolagem de aviões. “Estamos mandando hoje um projeto que dá a proteção total ao aeroporto. Não vai ter construção que prejudique nem hoje e nem nunca o nosso aeroporto, que foi a conquista maior do nosso governo”, afirmou.

Outra alteração prevista para aquela região, informou Rangel, é a delimitação do Distrito Industrial. “Estamos mandando uma emenda ao Plano Diretor do Município de Ponta Grossa, que também protege todo o Distrito Industrial da Cidade. Para que as construções não possam prejudicar o distrito, então estamos mandando a emenda – e claro, vai ser validado para os governadores. Estamos protegendo nosso aeroporto e nosso Distrito Industrial”, conclui. 

PUBLICIDADE

Recomendados