Petição online pede candidatura do coronel Daniel Marques

Ponta Grossa

06 de julho de 2020 15:44

Da Redação


Relacionadas

UEPG participa da discussão do plano de retomada econômica

Frísia e Alltech firmam parceria para doação de caixas de leite

Gaeco cumpre mandados de busca na Ciretran de PG

Curso da UEPG abre inscrições para prova de proficiência
PRF dá dicas para dirigir com restrição de visibilidade
PG confirma nova morte causada pela covid-19
“Não tem uma notícia boa da OMS”, lamenta Marcelo Rangel
Nome do Coronel agrada direita ponta-grossense Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Ala da direita esperava ‘chapa-pura’ encabeçada por ex-comandante do 13° BIB. Liderança do Patriotas busca aliança com outros partidos

Uma petição online, lançada por apoiadores, busca apoio dos ponta-grossenses para a candidatura do Coronel Daniel Marques à Prefeitura de Ponta Grossa. O movimento surgiu após líderes locais do Patriotas, legenda na qual Marques se filiou, iniciarem negociações com outros partidos para a disputa.

Em Ponta Grossa, o Patriotas sinalizou, através de Keyla Sanson, atual presidente da Provisória Municipal do partido, uma pré-candidatura “antes das convenções”, as quais acontecem ainda no final do mês de julho e terminam no início de agosto, em que a mesma também pleiteia poder sair como vice de Marcio Pauliki (Solidariedade).

Mas, a estratégia não agradou a ala da direita no município, que esperava o lançamento de uma chapa-pura, sem alianças e com o ex-comandante do 13° Batalhão de Infantaria Blindado (BIB) como candidato, pois aguardavam as convenções.

O Coronel da reserva aceitou se filiar ao Patriotas no último dia da janela partidária, após insistentes convites para que ele colocasse seu nome à disposição e assim concorrer ao cargo de prefeito. Lideranças do partido, entre elas a própria presidente Keyla, teriam garantido ao militar a vaga de candidato a prefeito. Avesso à política tradicional e alianças, Marques também colocou como condição da filiação a autonomia em escolher a equipe em um eventual governo.

Três dias após a filiação do Coronel, o Patriotas, através da presidente municipal, sinalizou possível apoio a Pauliki, que teria oferecido a vaga de vice a Keyla. Frustrados com os rumos do partido, apoiadores de Marques coletam assinaturas online para garantir a possibilidade da candidatura do militar em Ponta Grossa. A intenção do abaixo-assinado é sensibilizar a direção estadual do partido, bem como da comunidade ponta-grossense e, assim, ter o nome do Coronel na disputa.

Presidente se manifesta

Em contato ao Portal aRede, a presidente Keyla Sanson se posicionou sobre o tema. “A democracia é válida e estendida a todos, porém, vale lembrar que assim como em todas as outras áreas, dentro do partido existe uma hierarquia a ser seguida e respeitada, não concordar com isso é um direito de qualquer cidadão, e análise como esta deveria ter sido feita com antecedência, planejamento e apoio das lideranças, não desta forma, sem respeitar os prazos do TSE”, pontua a liderança do Patriotas em Ponta Grossa.

A presidente fala que o partido não pode ficar na mão de aventureiros que desrespeitam a decisão da liderança da legenda e da maioria. “Como presidente do Patriota eu te asseguro que este cidadão não faz parte da chapa, e que já estamos tomando as devidas providências para que a desfiliação dele seja feita o mais breve possível”, complementa Keyla.

Com informações da assessoria de imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados