Saúde inicia Terapia Comunitária Integrativa online

Ponta Grossa

07 de julho de 2020 11:00

Da Redação


Relacionadas

Homem com tornozeleira é preso com 3,8 kg de drogas

Piloto de moto leva 'fechada' e fica em estado grave na PR-151

Carro bate em árvore e capota perto de cemitério

Motociclista morre no hospital após acidente em PG
Caminhoneiro bêbado é preso pela PRF em Ponta Grossa
Cavalo morre após ser atropelado na Ronda
Caminhoneiros fazem carreata no dia de São Cristovão
Serão três profissionais de saúde que realizarão os grupos e farão o acompanhamento das atividades através da plataforma de vídeo Google Meet. Foto: Reprodução/Pexels
PUBLICIDADE

Município já conta com um protocolo oficial sobre as práticas integrativas

A partir desta semana a Prefeitura de Ponta Grossa, através da Fundação Municipal de Saúde (FMS), passará a disponibilizar Terapia Comunitária Integrativa (TCI) online para a população. Serão três dias na semana, em horários alternados e com vaga limitada. A iniciativa é do Núcleo de Educação Permanente (NEP) e do Núcleo de Práticas Integrativas Complementares (NUPICS).

A TCI é um instrumento das Práticas Integrativas e Complementares do Ministério da Saúde que tem como objetivo ser espaço de acolhimento e partilha de vida para se falar das dores, dos problemas e das potencialidades das pessoas e das comunidades. Serão três profissionais de saúde que realizarão os grupos e farão o acompanhamento das atividades através da plataforma de vídeo Google Meet.

“As práticas integrativas estão sendo realizadas desde o ano passado, em um primeiro momento para os servidores municipais e de forma presencial. Por conta da pandemia, tivemos que nos reinventar, trazendo os trabalhos online. Por conta disso foi possível abrir vagas de TCI para a população interessada”, explica uma das profissionais responsáveis, Tereza Miranda.

O município já conta com um protocolo oficial sobre as práticas integrativas. Este documento pauta todas as atividades realizadas sobre este assunto, ele entrou em vigor em outubro de 2019. “Nós já trabalhamos há algum tempo com práticas integrativas e complementares. Elas auxiliam na prevenção de diversas doenças como a depressão e hipertensão, por exemplo, tudo isso através de recursos terapêuticos que tem coo base em conhecimento tradicionais”, destaca Tereza. Em alguns casos as práticas também podem ser usadas como tratamentos paliativos em de doenças crônicas.

As pessoas que tiverem interesse devem entrar em contato pelos números:

(42) 99984-8698 e (42) 99950-7649

Informações Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados