Fiscalização autua 5 estabelecimentos por ‘furar’ decreto

Ponta Grossa

12 de julho de 2020 08:27

Fernando Rogala


Relacionadas

Veículo que fugiu após acidente era roubado, diz PM

Comércio de PG prevê grande movimentação hoje

Fiscalização notifica 17 eventos particulares em PG

Motorista causa acidente, foge e deixa feridos em PG
Moradores do Santa Maria reclamam de alta velocidade em via
Rotary promove arroz carreteiro para ajudar entidades
Exportações de PG crescem em julho e somam R$ 3,15 bi em 2020
PUBLICIDADE

Cinco estabelecimentos comerciais estavam abertos depois das 23h deste sábado em Ponta Grossa, ferindo o decreto municipal popularmente conhecido como 'toque de recolher'

Mais de 200 estabelecimentos comerciais foram visitados pela Polícia Militar, Guarda Municipal e fiscais da Prefeitura de Ponta Grossa, entre a noite deste sábado (11) e a madrugada deste domingo (12), para o cumprimento do decreto municipal de número 17.452/2020, que proíbe o funcionamento do comércio e circulação de pessoas das 23h às 6 horas – popularmente chamado de ‘toque de recolher’ durante este momento de pandemia, para evitar a disseminação do vírus. Mesmo o decreto estando em vigor há mais de uma semana, já valendo por três fins de semana, cinco estabelecimentos foram encontrados abertos nesta terceira fase da ‘Operação Sossego – Fase III’.

Esta terceira parte da operação teve início às 23 horas deste sábado e seguiu até às 3 horas deste domingo. Além de 223 estabelecimentos comerciais que foram fiscalizados, houve a fiscalização de 30 de eventos particulares, informados por denúncias anônimas. Durante a ação, 219 pessoas também foram abordadas e fiscalizadas. Todos os cinco estabelecimentos foram autuados com a multa prevista no decreto, de 10 VRs, que equivalem a R$ 837, além de um deles também ser autuado por falta de alvará.

PUBLICIDADE

Recomendados