Aulas online mantém ensino no Clube da Robótica

Ponta Grossa

15 de julho de 2020 20:45

Da Redação


Relacionadas

Cavalo morre após ser atropelado na Visconde de Taunay

Em PG, caminhoneiros fazem carreata no dia de São Cristovão

PG começa a semana com 93% de ocupação nas UTIs

Covid-19: Saiba quais são os números atuais em PG
Motociclista fica em estado grave após acidente em Oficinas
Veja como fica o tempo em PG durante essa semana
Vítima de atentado deixa filho de quatro anos de idade
São dezenas de alunos que mantiveram seu aprendizado mesmo em casa. Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

São dezenas de alunos que mantiveram seu aprendizado mesmo em casa.

A reinvenção está sendo a palavra-chave dos empresários neste período de pandemia. O Clube da Robótica, startup de Ponta Grossa, que desde 2017 atua com consultoria empresarial e no aprendizado de crianças e jovens, alterou todo seu planejamento para se adequar e colaborar no combate ao covid-19. "Criamos novos produtos para continuar atendendo nosso público, e iniciamos o processo de aulas online", explica o CEO do Clube, Evandro Kafka.

São dezenas de alunos que mantiveram seu aprendizado mesmo em casa. "Adotamos um sistema para que as crianças conseguissem continuar o processo na robótica", explica Kafka. Um dos cursos mais procurados no Clube, que pode ser feito por crianças com oito anos os mais, é o de Programação de Jogos.  "Os pequenos aprendem princípios da programação criando os próprios jogos", conta o empresário.

Com uma plataforma simples, acessível para todas as crianças, o aprendizado é facilitado. "Hoje em dia, e para um futuro próximo, aprender programação é essencial. A tecnologia veio pra ficar, e a pandemia antecipou e aumentou e muito seu uso", destaca o CEO do Clube, lembrando que o aprendizado enquanto criança facilita o processo e garante um passo a frente nesta nova realidade.

Leonardo Rosas Rodrigues é um dos alunos do curso online de programação de jogos. Só ele já criou, com a supervisão e apoio dos professores, três jogos durante esse período de pandemia. "Ele adora, fica contando os dias para chegar a próxima aula", conta a mãe Luciane. Além de criar, o aluno tira momentos para aproveitar e brincar com seus novos jogos.

Em um primeiro momento, as mudanças que a chegada do coronavírus trouxe para o Clube da  Robótica teve um impacto negativo, como para a maioria das empresas. "Tivemos que criar oportunidades em meio a crise", cita Kafka. Com a criação de um novo produto, a RobotBox (serviço de assinatura com atividades de Robótica), e a implantação de aulas online, a startup pode atender pessoas de outras cidades e até mesmo de outros estados. Quer saber mais, acesse https://clubedarobotica.com.br/.

PUBLICIDADE

Recomendados