Rangel e Sandro decidem chamar nova UPA de Sant’Ana

Ponta Grossa

29 de julho de 2020 11:49

Da Redação


Relacionadas

Incêndio destrói dois veículos no Jardim Sabará

Homem fica ferido após ser agredido por gangue no Boa Vista

Em PG, policial militar de folga atira e prende foragido

Ponta Grossa soma 454 candidatos a vereador em 2020
Carro despenca em buraco do Balneário Rio Verde
Mulher fica ferida após batida entre carro e moto na PR-513
Hospital Municipal de PG recebe R$ 197 mil em equipamentos
UPA Sant'Ana será instalada na antiga maternidade de mesmo nome, no centro da cidade Foto: Arquivo aRede
PUBLICIDADE

Nome é homenagem à santa padroeira da cidade e à antiga maternidade que funcionava no imóvel onde UPA será instalada

As obras ainda nem começaram, mas a nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA) que será construída no centro de Ponta Grossa já tem nome: UPA Sant’Ana. A novidade foi anunciada durante o programa Nilson de Oliveira desta quarta-feira (29) pelo prefeito Marcelo Rangel (PSDB) e pelo secretário de Estado Sandro Alex (PSD).

O assunto surgiu durante a conversa sobre a nova obra e a decisão foi tomada ao vivo no programa de rádio. Sandro comentou que a Unidade deveria levar o nome da santa padroeira de Ponta Grossa e que também dava o nome da maternidade que funcionava no prédio onde a nova estrutura será instalada.

Durante o programa, a vice-prefeita Elizabeth Schmidt enviou uma mensagem ao prefeito elogiando a proposta de ‘batismo’ da nova UPA e Rangel decidiu, no ar, confirmar que a Unidade terá mesmo esse nome. Ele também garantiu que haverá um mutirão para que as obras sejam concluídas o mais rápido possível. A expectativa é que a nova estrutura comece a atender ainda em 2020.

Parte da reestruturação do imóvel terá recursos vindos repasse de verbas da Justiça Federal e do Ministério Público Federal, enquanto a Prefeitura vai arcar com recursos próprios para o restante da reforma e na aquisição de novos equipamentos. O trabalho está orçado em R$ 2 milhões e o dinheiro já está garantido para o município. O governador Ratinho Junior, inclusive, já assinou o termo de cessão do imóvel e a Justiça Federal concedeu reintegração de posse de parte do imóvel que será usado para receber a nova UPA.

PUBLICIDADE

Recomendados