Prefeitura de PG investiga velório de paciente com covid

Ponta Grossa

29 de julho de 2020 14:37

Afonso Verner


Relacionadas

Saiba o que é permitido e proibido neste domingo

Antes de sair de casa, consulte seu local de votação

Barroso pede que eleitores não deixem de votar

PG vai às urnas para escolher entre Mabel ou Elizabeth
Pandemia impede que 9,5 mil ponta-grossenses votem
PG supera 9 mil casos confirmados de covid-19
Homem é preso em convento após matar rapaz em PG
Velórios tem sido realizados com uma série de restrições Foto: Arquivo JM
PUBLICIDADE

Município apura velório de paciente que teve diagnóstico confirmado para o novo coronavírus

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG) apura as circunstâncias do velório e enterro de um paciente que testou positivo para covid-19. O paciente, um homem de 40 anos de idade, faleceu no domingo (26) e foi sepultado no dia seguinte (27). No entanto, o paciente que estava na ala covid-19 de um hospital da cidade, teve velório e enterro, contrariando as determinações legais sobre o tema. Após a morte, o rapaz teve o diagnóstico confirmado para o novo coronavírus. 

De acordo com a Prefeitura, a Fundação Municipal de Saúde está acompanhando o referente caso desde ontem e realizando as averiguações necessárias.  “Como o corpo do paciente estava na ala Covid-19 e o atestado de óbito constava como causa morte Síndrome Respiratória Aguda, foi realizado todo o procedimento necessário, incluindo o embalamento para sepultamento direto, sem a possibilidade de velório”, informou a prefeitura em nota. 

“Todo óbito em área Covid-19, seja ele positivado, suspeito ou descartado, mas que esteja nesta área, não pode ser velado”, esclareceu o município. Neste caso em específico, a Vigilância Sanitária Municipal está averiguando qual foi o procedimento adotado e por quem na liberação do velório. 

“Enquanto isso, a FMS já solicitou aos familiares uma relação das pessoas que estiveram no velório e já está averiguando as medidas cabíveis para poder fazer o monitoramento de quem esteve presente”, esclareceu o município.

PUBLICIDADE

Recomendados