Pai denuncia PSM por não retirar madeira de perna de criança

Ponta Grossa

05 de agosto de 2020 17:39

Andre Bida


Relacionadas

Projeto quer qualificar jovens para setor de TI

Orçamento de PG não permite promessa eleitoreira, diz Gadini

Mabel Canto propõe criação de Policlínicas da Família

PG recebe 1º Seminário Online de Educação Inclusiva na Prática
Debate ganha importância com proximidade da eleição
Prefeitura anuncia orçamento superior a R$ 1 bi
Uninter oferta cursos na área de responsabilidade social
Foto: Cristiano Barbosa / aRede
PUBLICIDADE

Menino recebeu três pontos em uma das pernas, mas a equipe médica não retirou um pedaço de madeira que estava no local

Alexandre Jovini utilizou as redes sociais para denunciar uma falha em um atendimento médico dentro do Pronto Socorro Municipal de Ponta Grossa. O filho de Alexandre recebeu três pontos em uma das pernas, mas a equipe médica não retirou um pedaço de madeira que estava dentro do corpo do menino.

"Quero dar os parabéns aos 'profissionais' que deu três pontos no ferimento da perna do meu filho e não lembro que tinha que limpar o ferimento antes de fazer a sutura. Graças a Deus que o corpo está expelindo a madeira", diz Alexandre em post no Facebook.

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Ponta Grossa informou que entrou em contato com o PSM e o hospital vai entrar em contato com o pai do menino.  "A orientação será para que seja feita um protocolo na Ouvidoria da Saúde, passando os dados corretos e a situação ocorrida. A partir daí a equipe técnica conseguirá verificar se procede a situação e tomar as devidas providências administrativas.

PUBLICIDADE

Recomendados