Ratinho e Rangel querem abrir nova UPA em 4 meses

Ponta Grossa

06 de agosto de 2020 17:41

Afonso Verner


Relacionadas

Em PG, audiência sobre finanças da Prefeitura lota a Câmara

Diocese de PG vende sabão feito de óleo usado

Mabel pretende criar praças de integração do transporte

Odontologia da UEPG recebe tomógrafo computadorizado
BRF doa EPI’s e testes rápidos em Ponta Grossa
PG tem mais uma morte confirmada pela covid-19
Homem é encontrado morto em estacionamento de PG
PUBLICIDADE

Governador assinou termo de cessão do espaço ao município. Unidade de Pronto Atendimento deve estar funcionando em até quatro meses

O governador Ratinho Junior (PSD) assinou nesta quinta-feira (6) o termo de cessão de uso do prédio da antiga Maternidade Sant’Ana à Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG). O espaço, que antes era ocupado pelo Hospital da Unimed, vai receber uma nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Junto do prefeito Marcelo Rangel (PSDB), Ratinho destacou que buscará colocar o local para funcionar em até quatro meses. 

A assinatura do termo foi realizada no Palácio do Iguaçu. “Momento importante com o governador nesta quinta-feira. Recebemos uma meta para cumprir”, destacou Rangel em um post nas redes sociais para destacar a meta de abrir a nova UPA, no Centro de Ponta Grossa. em até quatro meses. “Estou feliz e emocionado com essa assinatura, é um passo importante”, avaliou o prefeito. 

Durante o encontro, Ratinho destacou que ainda nesta semana assinou junto com o prefeito um convênio para a construção de 120 casas em Ponta Grossa. “Fico muito feliz em poder atender o município [Ponta Grossa]. Vínhamos trabalhando administrativamente para atender essa demanda da população para abertura de uma nova UPA”, explicou o governador. 

O prédio fica na rua Paula Xavier e está fechado desde que a Unimed inaugurou uma estrutura hospitalar própria - havia uma disputa envolvendo o local. “Ficamos felizes em poder colaborar junto da Prefeitura para a abertura de uma nova UPA. O prédio vai sediar uma Unidade de Atendimento robusta e moderna que vai reforçar a qualidade do serviço prestado à população”, contou o governador. 

Em um vídeo publicado nas redes sociais, Rangel também agradece a outras lideranças políticas que participaram da viabilização do novo investimento - o prefeito citou o secretário de Estado, Sandro Alex, e o deputado estadual e líder do Governo, Hussein Bakri (ambos do PSD). “Também agradeço à Justiça Federal que nos ajudou nessa empreitada”, destacou Marcelo. 

De acordo com o secretário adjunto de Saúde, Rodrigo Manjabosco, para a estrutura estar preparada para receber os casos de urgência e emergência, é necessário adequá-la aos padrões requeridos pelo Ministério da Saúde.

UPA deve receber investimento de R$ 2 milhões

“Precisamos otimizar e alinhar uma reforma em tempo ágil e, ao mesmo, tempo, atendendo a parâmetros de qualidade”, explica o médico. “Para isso, pretendemos aumentar a sala de espera para comportar cerca de 150 pessoas, reparar as instalações elétricas e a rede lógica, construir uma sala administrativa, reformar a entrada e a central de materiais e adaptar os banheiros às normas de acessibilidade para atender os futuros pacientes de forma segura, imediata e com uma estrutura adequada para a realização dos procedimentos médicos”, pontua Manjabosco. O investimento total deve ser de R$ 2 milhões.

PUBLICIDADE

Recomendados