Campanha online deve crescer em PG na eleição de 2020

Ponta Grossa

06 de agosto de 2020 21:30

Afonso Verner


Relacionadas

Hospital Municipal de PG recebe R$ 197 mil em equipamentos

Com 124 casos de covid-19, PG volta a bater recorde

PRF flagra cigarro paraguaio em caminhão de mudança

Motorista sem CNH e bêbado derruba muro em acidente
Trio invade residência em PG e uma pessoa é presa
PM acaba com festa com mais de 120 pessoas em PG
Táxi bate contra poste e motorista foge do local
Câmara terá apenas 19 vagas em disputa no pleito de novembro Foto: Kauter Prado / CMPG
PUBLICIDADE

Cientista política Fernanda Cavassana destaca mudanças na dinâmica eleitoral do pleito deste ano

Em 2020, as campanhas eleitorais terão uma nova dinâmica em Ponta Grossa. Com o adiamento do calendário eleitoral e dos prazos, as lideranças políticas da cidade ainda se articulam para compor grupos, estratégias e propostas. Nesta quinta-feira (6), a professora da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Fernanda Cavassana, participou de uma live no portal aRede (clique aqui para assistir). A cientista política destacou mudanças na dinâmica eleitoral.

Durante a entrevista, Cavassana destacou que temas municipais deverão seguir em debate, mas a questão da covid-19 e a maneira como os gestores lidaram com o problema também deverão ser assuntos pautados na campanha. “Deveremos ter o tema covid-19 muito presente na campanha, mas essa temática vai coexistir junto de outros assuntos mais locais”, explicou a cientista política. 

Cavassana também ressaltou que o isolamento social deve dar impulso a mecanismos online de campanha. “Nas últimas eleições municipais vemos esse tipo de mecanismo [campanha online] crescendo consideravelmente. Em 2020, acredito que impulsionamento em redes sociais e em ferramentas de busca serão muito utilizados”, contou a professora. 

Grupos políticos

Entre os nomes que deverão liderar grupos políticos no pleito de 2020 em Ponta Grossa está o deputado federal Aliel Machado (PSB) que deve ser candidato ao cargo de prefeito. Além dele, Ricardo Zampieri (REPUBLICANOS), Elizabeth Schmidt (PSB) e Marcio Pauliki (SD) são nomes esperados na disputa. 

Vagas em disputa no próximo pleito

Em 2020, os eleitores ponta-grossenses vão às urnas para escolher prefeito(a), vice-prefeito(a) e vereadores. Após mudanças polêmicas, o Legislativo deixa de ter 23 vagas e passa a ter apenas 19 cadeiras. A diminuição no número de vagas deve tornar a disputa ainda mais acirrada.

Partidos com ‘chapa pura’

Outra mudança importante no pleito diz respeito à formação de chapas ao Legislativo. Pela primeira vez, os partidos não poderão formar coligações em busca de vagas na Câmara Municipal. Com isso, cada legenda terá que lançar chapa ‘pura’ para viabilizar a própria existência no sistema eleitoral.

PUBLICIDADE

Recomendados