Controladoria confere estoque de materiais no Hospital Municipal

Ponta Grossa

07 de agosto de 2020 10:40

Da Redação


Relacionadas

Filho que queria usar drogas agride pai com socos em PG

PG lidera a geração de empregos no Paraná em 2020

Marcio Pauliki quer explorar o potencial turístico de PG

Mortos em lava car de PG são identificados
Em PG, pastor é preso suspeito de violentar a filha adotiva
PG pode ter clima de ‘deserto’ a partir desta quinta
Colisão entre veículos trava trânsito na Ernesto Vilela
Verificação técnica confirmou que hospital mantém equipamentos e procedimentos necessários durante a pandemia Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Equipe confirmou que estoques do hospital e medidas dos profissionais estão dentro da normalidade

A Controladoria Geral do Município (CGM) realizou, nesta quinta-feira (06), uma verificação técnica no Hospital Municipal Amadeu Puppi. Durante a visita o controlador geral Lauro Costa, acompanhado da presidente da Fundação Municipal de Saúde Angela Pompeu e do secretário adjunto de Saúde, Rodrigo Manjabosco, verificou os estoques do hospital, assim como as medidas adotadas pela direção do estabelecimento na distribuição e utilização de equipamentos de proteção individual e quais protocolos sanitários têm sido aplicados com o intuito de evitar a contaminação de funcionários e pacientes pelo coronavírus durante os atendimentos.

“Durante essa visita, pudemos constatar que o Hospital Municipal tem aplicado medidas importantes para evitar a disseminação do coronavírus, incluindo um protocolo específico de trabalho e a disponibilização de todos os equipamentos de proteção individuais necessários para a segurança de funcionários e pacientes”, destaca o Controlador Geral do Município, Lauro Costa.

De acordo com a presidente FMS, Angela Pompeu, o Município tem buscado implementar medidas ágeis e eficientes para ampliar a segurança de todos que utilizam os estabelecimentos de saúde da cidade. “Além de agilizarmos os processos para a compra e distribuição de materiais de segurança e demais insumos utilizados nos estabelecimentos de saúde, nós também desenvolvemos um fluxo específico de atendimentos como forma de evitar a contaminação cruzada de pacientes. Estamos verificando constantemente os estoques e as necessidades das unidades e promovendo adequações o mais rápido possível, sempre com o acompanhamento da CGM, para que a população siga contando com o devido atendimento”, declara.

Informações assessoria de imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados