Moradores do Santa Maria reclamam de alta velocidade em via

Ponta Grossa

07 de agosto de 2020 22:30

Da Redação


Relacionadas

Em Uvaranas, rapaz fica ferido após ser agredido em briga

Colégio realiza projeto preparatório para vestibular

ADM 2020 divulga resultado dos artigos selecionados

Fundação confirma o 105° óbito por Covid-19
Projeto Social de PG realiza congresso online para idosos
ICP têm programação alusiva ao Dia do Idoso
Candidatos destacam oportunidade de debater propostas para PG
Moradores do bairro Santa Maria reclamam de alta velocidade em via Foto: Reprodução/Facebook
PUBLICIDADE

A velocidade dos ônibus e caminhões da rua Codorna, vem gerando rachaduras nas paredes das casas

Os motoristas de ônibus não respeitam a velocidade na rua Codorna no Bairro Santa Maria em Ponta Grossa, segundo os moradores do local. A alta velocidade dos ônibus e também dos caminhões estão gerando inclusive rachaduras nas paredes das residências próximas a via.

“As paredes de nossa casa estão rachando. Tenho paredes do banheiro e a parede da sala com essas rachaduras”, comenta Daiane Golba, moradora da rua Codorna. Segundo a moradora, o problema se repete em outras casas da região. 

A solução que os vizinhos recomendam é a criação de uma lombada ou até mesmo um radar, para fazer os veículos diminuírem a velocidade, e assim, evitar a vibração constante nas paredes. Segundo os moradores, já foi feito um pedido a Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes (AMTT).

Procurado pela reportagem do portal aRede, a Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes (AMTT) informa que estão avaliando a possibilidade de implantação de redutores de velocidade na região e, nos próximos dias, enviará técnicos ao local para verificar quais adequações podem ser implementadas para ampliar a segurança de motoristas e pedestres que trafegam pela via.

PUBLICIDADE

Recomendados