Prefeitura projeta reabertura do aeroporto para outubro

Ponta Grossa

12 de agosto de 2020 09:49

Da Redação


Relacionadas

Colégio realiza projeto preparatório para vestibular

ADM 2020 divulga resultado dos artigos selecionados

Fundação confirma o 105° óbito por Covid-19

Projeto Social de PG realiza congresso online para idosos
ICP têm programação alusiva ao Dia do Idoso
Candidatos destacam oportunidade de debater propostas para PG
“PG não pode silenciar diante do desmonte governista”, diz Professor Gadini
Voos para São Paulo e Foz do Iguaçu devem ser retomados a partir de outubro Foto: Arquivo aRede
PUBLICIDADE

Embora os esforços sejam para que os voos sejam retomados no próximo mês, Marcelo Rangel garantiu que Aeroporto Santana volta a operar em dois meses

Depois do anúncio de que a rodoviária de Ponta Grossa voltará a receber passageiros já a partir da próxima semana, o prefeito Marcelo Rangel (PSDB) informou que a previsão de reabertura do Aeroporto Santana é para outubro. A afirmação foi dada durante a apresentação de seu programa de rádio na manhã desta quarta-feira (12).

Ele explicou que já entrou em contato com as companhias aéreas que operam na cidade (Azul e VoePass) e que os voos com destino a São Paulo e Foz do Iguaçu estão perto de retornar. “Não sei se vamos conseguir para setembro, mas outubro com certeza retornam os voos do nosso aeroporto”, declarou o gestor municipal, acrescentando que a equipe está empenhada em agilizar a retomada das atividades.

Rodoviária reaberta

“Os empresários, o turismo precisa rodar, precisamos voltar a funcionar”, declarou o prefeito quando comentava a decisão de reabrir a rodoviária de Ponta Grossa, uma das últimas do estado a retomar o atendimento ao público. Ele alertou que a reabertura será gradual e que deve haver pelo menos uma semana de testes para garantir que todos os protocolos e medidas sanitárias serão seguidos.

A assessoria de imprensa da Prefeitura informou que nesta quarta as equipes da Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT) começarão a sinalizar e adequar o espaço à nova realidade, com as marcações referentes a distanciamento social, cartazes de orientação e separação das cadeiras.

PUBLICIDADE

Recomendados