Felipe Passos quer câmeras nas ambulâncias do Samu

Ponta Grossa

13 de agosto de 2020 11:03

Da Redação


Relacionadas

Consulta pública sobre colégios cívico-militares termina às 20h

Homem de 63 anos é a 137ª vítima da Covid em PG

Cemitérios de PG terão álcool em gel no Dia de Finados

Feira de suculentas de quintal acontece em novembro
Pardal fala de seus 22 anos de trabalho na Fescon UEPG
Vila Velha espera mais de 3 mil turistas no feriado prolongado
Hospital Geral Unimed lança projeto ‘Unimaterna’
Objetivo do PL é mostrar dificuldades enfrentadas pelos motoristas do Samu no trânsito da cidade Foto: Arquivo aRede
PUBLICIDADE

Objetivo do projeto de lei de Felipe Passos é conscientizar motoristas que não liberam a passagem de veículos de emergência na cidade

Um projeto de lei protocolado na Câmara de Vereadores de Ponta Grossa pretende instalar câmeras em todas as ambulâncias do Samu que atuam na cidade. De autoria do vereador Felipe Passos (PSDB), o objetivo é conscientizar motoristas que não liberam a passagem para veículos de emergência, conforme justificativa do PL.

Na proposta, Passos orienta que as câmeras deverão ser instaladas para registrar a visão dianteira do veículo, justamente para mostrar a dificuldade que os socorristas enfrentam diariamente no trânsito. Caso seja aprovado, o PL estabelece que o equipamento será operado pelos profissionais do Samu e deve ser ativado durante o deslocamento das equipes para atendimento de ocorrências. A operação seria custeada pelo governo municipal. As imagens deverão ser armazenadas por pelo menos 30 dias.

Na justificativa, o vereador explica que o PL “visa atender as demandas oriundas dos recorrentes casos de obstrução na condução emergencial de ambulâncias” na cidade. Dessa forma, Passos acredita que o PL poderia “otimizar o registro das infrações contra as ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (…). O comprometimento com a aplicação das normas que salvaguarda esse serviço é demonstrar que o Município de Ponta Grossa assume sua responsabilidade com a vida de seus cidadãos”.

PUBLICIDADE

Recomendados