UTFPR entrega 5 mil novos protetores faciais em PG

Ponta Grossa

01 de setembro de 2020 20:45

Da Redação


Relacionadas

Colégio realiza projeto preparatório para vestibular

ADM 2020 divulga resultado dos artigos selecionados

Fundação confirma o 105° óbito por Covid-19

Projeto Social de PG realiza congresso online para idosos
ICP têm programação alusiva ao Dia do Idoso
Candidatos destacam oportunidade de debater propostas para PG
“PG não pode silenciar diante do desmonte governista”, diz Professor Gadini
Os equipamentos de proteção individual vão auxiliar os profissionais que estão atuando na linha de frente do combate à pandemia Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Os equipamentos de proteção individual vão auxiliar os profissionais que estão atuando na linha de frente do combate à pandemia

Na última semana do mês de agosto, representantes da UTFPR Ponta Grossa entregaram 5.480 protetores faciais para instituições de saúde e segurança pública de Ponta Grossa. Entre as instituições beneficiadas estão a Fundação Municipal de Saúde (FMS), o Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais (HU-UEPG), a Polícia Civil, o Pronto Socorro Municipal, entre outros.

Os equipamentos de proteção individual devem auxiliar os profissionais que estão atuando na “linha de frente” do combate à pandemia do novo coronavírus.

A produção de aproximadamente seis mil protetores faciais do tipo face shield aconteceu no prazo de um mês, após a aprovação de projeto coordenado pelo professor Thiago Antonini Alves, em edital de ações institucionais para o combate à Covid-19. 

“O Ministério da Saúde recomenda, aos profissionais da saúde e segurança pública, a utilização do face shield para aumentar a proteção do rosto como um todo, de gotículas e respingos. Estas pessoas estão no combate direto ao vírus, por isso precisam de equipamentos que aumentem sua segurança e diminuam o risco de proliferação do vírus”, relata o coordenador do projeto e chefe do departamento de Mecânica da UTFPR Câmpus Ponta Grossa.

Os protetores faciais doados são produzidos a partir de uma suspensão em plástico injetado com folha PET transparente, tornando-se de fácil assepsia, baixo custo e rápida produção em larga escala. O professor Guataçara dos Santos Junior, membro do projeto e Diretor de Pesquisa e Pós-Graduação do câmpus Ponta Grossa, explica que a produção de face shields visa “atender a alta demanda por equipamentos de proteção individual que os hospitais, centros de saúde e órgãos responsáveis pela segurança pública; a UTFPR, como instituição parceira da comunidade, viu nesta demanda a necessidade de atuação para auxiliar com soluções inovadoras e práticas”

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados