Mabel anuncia live e candidatura própria ganha força

Ponta Grossa

09 de setembro de 2020 15:07

Afonso Verner


Relacionadas

“A defesa do SUS deve ser compromisso do prefeito”, diz Gadini

Elizabeth quer fortalecer a estrutura dedicada aos esportes

Saulo aposta na educação para o combate à violência

Ponta Grossa ganha novos pontos de ônibus
Vendas do comércio de PG crescem 2,27% em agosto
Mabel Canto quer valorização de artistas locais
Professores do Rio Grande do Norte visitam o Cescage
Pietro e Mabel devem compor 'dobradinha' na disputa pela Prefeitura Foto: Arquivo JM
PUBLICIDADE

Fontes consultadas pelo portal aRede afirmam que deputada estadual deve anunciar dobradinha com Pietro Arnaud (PSB)

A deputada estadual Mabel Canto (PSC) convocou uma live para às 17h desta quinta-feira (10). Fontes consultadas pelo portal aRede e Jornal da Manhã dão conta de que a live tratará da eleição municipal. As fontes consultadas pela reportagem afirmam que a parlamentar deverá anunciar a candidatura a prefeita de Ponta Grossa, tendo como candidato a vice, o vereador Pietro Arnaud (PSB).

O anúncio é fruto da união dos grupos políticos de Mabel do ex-prefeito e comunicador, Jocelito Canto, com o grupo político de Aliel Machado (PSB) - a aproximação aconteceu na semana passada e uma candidatura do grupo vem sendo ‘desenhada’ nos bastidores. Na prática, Aliel, Jocelito e Mabel já haviam anunciado a união de forças e uma candidatura conjunta e só ficou ‘pendente’ a escolha dos nomes. 

Mabel estreou na vida pública em 2018, ao ser eleita deputada estadual com 35.036 votos. na vida pública, Mabel tem pautado o mandato na economia de recursos públicos e transparência. Por sua vez, Pietro Arnaud (PSB) é um fiel escudeiro de Aliel e cumpre o segundo mandato na Câmara Municipal - Pietro é um dos nomes mais técnicos da casa de leis (advogado) e faz parte do grupo de oposição.

Na prática, a candidatura de Mabel pode encontrar empecilhos em um documento assinado pela própria Mabel que garantiria que ela cumpriria integralmente o mandato na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP). Por sua vez, Pietro Arnaud já foi candidato a deputado federal (2014) e transita bem por diferentes grupos políticos - Arnaud foi chefe do Procon durante a gestão de Pedro Wosgrau (na época no PSDB), por exemplo.

Por sua vez, Aliel Machado destacou ao portal aRede que seguiria comprometido em discutir os problemas da cidade, mas que o nome da candidatura ainda seria deliberado pelo grupo. Em Brasília, Aliel cumpre o segundo mandato como deputado federal e tem ganho destaque ocupando a vice-liderança da oposição. Além disso, Aliel também é uma figura respeitada em Brasília pelo grupo progressista. 

Outros grupos políticos articulam candidaturas

Enquanto isso, outros grupos políticos seguem organizando candidaturas em Ponta Grossa. Marcio Pauliki (SD), por exemplo, constrói a candidatura ao lado de cinco partidos e discute o nome para vice - o ex-prefeito e ex-deputado federal, Otto Cunha (DEM), é cotado. Já o PSOL garantiu o nome de Professor Gadini e do Professor Lineu Kieras como candidatos a prefeito e vice, respectivamente. 

Há ainda o grupo comandado por Elizabeth Schmidt (PSD), que tem como virtual vice o Capitão Saulo (ainda sem partido). Já o PT e o PCdoB firmaram a candidatura de Professor Edson Armando (candidato a prefeito) e o Pastor João Carlos Oliveira Andrade (candidato a vice). Existem no cenário ainda os nomes de Ricardo Zampieri (REPUBLICANO) e Keyla Sanson (PATRIOTA).

PUBLICIDADE

Recomendados