PG tem apenas 50 candidaturas registradas no TSE

Ponta Grossa

21 de setembro de 2020 17:21

Afonso Verner


Relacionadas

Mabel Canto propõe consultoria completa para empreendedores

Justiça rejeita recurso e aprova candidatura de Elizabeth

Homem faz família de refém e ameaça se matar em PG

Comitê do ADM avalia edição 2020 do congresso
Mulher de 80 anos é a 136ª vítima fatal da Covid em PG
Lago de Olarias terá voos de balão em novembro
Multas geradas por radar escondido serão proibidas
Foto: Otto Drone
PUBLICIDADE

Prazo para registro de candidaturas segue até o próximo sábado (26). Nenhum candidato(a) a prefeito(a) registrou candidatura até o momento

O Sistema de Divulgação de Candidaturas (Divulga Cand) do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tem apenas 50 candidatos(as) de Ponta Grossa registrados (clique aqui para conferir). Até essa segunda-feira (21), segundo o sistema, apenas as chapas a vereador do Partido Social Democrata (PSD) e Partido Verde (PV) registraram as candidaturas. Nenhuma que concorra a Prefeitura de Ponta Grossa registrou a candidatura.

A legislação eleitoral prevê que as candidaturas possam ser registradas até o próximo sábado (26). Através do Divulga Cand são registradas informações fundamentais para o pleito, tanto sobre o perfil sociodemográfico do postulante a cargo público (idade, escolaridade, cor / raça, naturalidade, estado civil e etc), além da declaração dos gastos de campanha.

A demora no registro das candidaturas é fruto do atraso no calendário eleitoral. Com a pandemia, houve um debate sobre a realização ou não em 2020, seguido do adiamento dos prazos. Com isso, as convenções acabaram apenas no último dia 16 e os partidos tiveram 10 dias (até dia 26) para registrar as candidaturas no sistema do TSE, processo tido como burocrático e moroso. 

A expectativa é que Ponta Grossa se aproxime da marca de mil candidatos. Com os partidos tendo que registrar chapa pura, sem coligações, o número de candidatos deve crescer consideravelmente. Com cada chapa registrando 29 candidatos e há 33 partidos políticos com registro ativo no TSE - com isso, caso todos os partidos formassem chapas puras o número de candidatos(as) chegaria a 957, apenas à Câmara, além dos 10 candidatos(as) que disputam o cargo de prefeito(a) e vice. 

Nos próximos dias, a expectativa é que cresça o número de registro de candidaturas no TSE - após o cadastramento dos dados, a candidatura ainda tem que ser aprovada e homologada pelo Poder Judiciário. Como cinco partidos não têm qualquer presença no cenário político local (Rede Sustentabilidade, Novo, PCB, PSTU e UP), o número de candidatos deve ficar aquém daquele estimado inicialmente, chegando a no máximo 812 postulantes ao Legislativo. 

Campanha estreará permissão para impulsões

Pela primeira vez, a campanha eleitoral terá a permissão para impulsionamentos nas redes sociais. Com isso, os candidatos deverão registrar na prestação de contas da campanha os valores gastos com impulsionamento em plataformas como Google, Facebook / Instagram, Twitter, TikTok e afins. Além disso, os valores gastos com impulsionamento são regidas por normas técnicas impostas pelo Tribunal Superior Eleitoral - essa é a primeira eleição em que o impulsionamento de conteúdos é permitido.

PUBLICIDADE

Recomendados