Recorde de casos teve feriado como “grande vilão”, diz Rangel

Ponta Grossa

23 de setembro de 2020 10:58

Da Redação


Relacionadas

Mabel Canto propõe atenção especial com bairros

Em PG, ladrões assaltam motoboy e fogem com dinheiro e lanches

Caminhão quebra poste e quase atinge casa em PG

Com novos casos, PG chega a 129 mortes por covid-19
Ufólogo de PG revela detalhes sobre túneis secretos e óvnis
ADM 2020 começa nesta segunda com transmissão digital
Filho de diretor do Operário é agredido em bar por torcedor
Desde o começo da pandemia, Ponta Grossa registrou nesta terça o maior número de casos em 24 horas Foto: Arquivo aRede
PUBLICIDADE

Prefeito lembra aglomerações registradas no feriado de 7 de setembro em balneários da cidade e alerta sobre necessidade dos cuidados pessoais

Depois de quase sete meses de pandemia, Ponta Grossa registrou nesta terça-feira (22) o recorde de casos no período de 24 horas. A Fundação Municipal de Saúde confirmou 113 casos em apenas um dia, o que despertou o alerta dos órgãos de saúde sobre os leitos clínicos e de unidades de terapia intensiva (UTI) na cidade. Para o prefeito Marcelo Rangel (PSDB), o grande culpado para esse resultado foi o feriado da Independência.

“Hoje nós temos o recorde de toda a pandemia, depois de tanto tempo nós ainda estamos sofrendo terrivelmente com a doença”, lamenta o gestor municipal. “Não existe mais dúvidas, os feriados são os vilões”, complementa o tucano, lembrando das aglomerações que foram registradas na cidade durante os dois feriados prolongados deste mês, principalmente nos balneários e parques do município.

Durante seu programa de rádio na manhã desta quarta-feira (23), o chefe do Executivo ainda lembrou que não são apenas os balneários que elevam os índices de infecção na cidade. “As pessoas pegam a doença lá, mas transmitem para os velhinhos aonde? O problema são as pessoas que não têm sintomas e pegaram a doença, visitaram seus pais e passaram o vírus”, reforça o prefeito.

Depois dos números preocupantes, já na manhã desta quarta, a FMS confirmou mais quatro mortes provocadas pela covid-19 em Ponta Grossa. No total, a cidade já soma 92 óbitos pela doença desde o início da pandemia.

PUBLICIDADE

Recomendados