PRF apreende mais de R$ 150 mil em mercadorias em PG

Ponta Grossa

24 de setembro de 2020 18:01

Da Redação


Relacionadas

Elizabeth aponta compromisso com funcionários públicos

Empresários do comércio estão otimistas para o Natal

Samu comemora 15 anos com premiação aos servidores

Prefeitura de PG pagará R$ 10 mil para casa mais iluminada no Natal
Confira a agenda dos prefeituráveis nesta quinta-feira
Pietro ressalta intenção de governar “para as pessoas”
PG atinge 90 mil trabalhadores com carteira assinada
Três pessoas foram flagradas com produtos contrabandeados do Paraguai em ônibus de linha Foto: Divulgação/PRF
PUBLICIDADE

Três pessoas transportavam os produtos importados irregularmente num ônibus de viagem abordado na BR-373; um homem foi preso

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu mais de R$ 150 mil em mercadorias contrabandeadas do Paraguai. A ação realizada nesta quarta-feira (23) em Ponta Grossa terminou com a prisão de um homem que estava foragido da Justiça. Toda a carga foi encontrada num ônibus de viagem que foi abordado na BR-373.

Por volta das 21h30, a equipe da PRF fiscalizava em frente à unidade operacional quando abordou o coletivo que fazia a linha de Foz do Iguaçu ao Rio de Janeiro. Durante a fiscalização dos passageiros do veículo, foi constatado que um dos ocupantes, um homem de 52 anos, tinha um mandado de prisão em aberto pelo crime de descaminho emitido pela 4ª Vara Federal de Foz do Iguaçu. Ele foi preso no local.

Além disso, o homem transportava dois equipamentos eletrônicos importados, utilizados em procedimentos estéticos, avaliados em cerca de R$ 12 mil. Outros dois ocupantes do ônibus também tiveram mercadorias apreendidas pelos policiais. Um homem de 43 anos e uma mulher de 33 anos transportavam respectivamente 45 smartphone avaliados em cerca de R$ 63 mil e 63 celulares tipo smartphone avaliados em R$ 94 mil, além de eletrônicos diversos avaliados em R$ 12 mil.

Todo o material apreendido foi encaminhado à Receita Federal de Ponta Grossa, onde permanecerá armazenado e deve ser vendido em bazares nos próximos meses. O preso foi encaminhado à 13ª Subdivisão Policial (SDP) para as devidas providências.

PUBLICIDADE

Recomendados