Polícia Civil finaliza inquérito da morte de motorista de APP

Ponta Grossa

24 de setembro de 2020 18:20

Da Redação


Relacionadas

PG registra 43 novos casos da Covid-19 nesta segunda-feira

Rottas promove Dia das Crianças com roleta de prêmios

Decreto libera abertura das lojas em horário normal

Elizabeth quer implantar sistema para consulta médica por app
Prefeitura de PG lidera na geração de receitas no Sul
Prefeituráveis colocam ‘formiguinhas’ nas ruas de PG
Gadini promete abrir mão do salário e reinvestir valor na cidade
Durante as investigações foi possível identificar a participação de quatro envolvidos. Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Durante as investigações foi possível identificar a participação de quatro envolvidos

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) finalizou o Inquérito Policial que apurava a morte de motorista de aplicativo na cidade de Castro. Segundo a Polícia Civil, no dia 14 de agosto, por volta das 19h30, a vítima Marcos Marcelo Costa foi morta com disparos de arma de fogo e foi encontrada no interior do veículo Vectra/GT. Crime aconteceu nas margens da BR-090.

Durante as investigações foi possível identificar a participação de quatro envolvidos. O executor, um indivíduo de 20 anos, foi preso no último dia 10 de setembro. Outro indivíduo de 19 anos, responsável por fornecer o armamento utilizado no crime, foi preso nesta terça-feira (24) pelo Setor de Investigações e Capturas da 43 Delegacia Regional de Polícia.

Outros dois indivíduos, de 24 e 22, já estavam presos pela prática de outros crimes. O primeiro teria contratado o executor e o segundo foi o responsável por ocultar a pistola de calibre .45 após a prática do crime.

Finalizado o Inquérito Policial, o Ministério Público denunciou os envolvidos pelos crimes de organização criminosa, homicídio qualificado e posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. O Poder Judiciário recebeu a denúncia e expediu mandados de prisão preventiva para todos os envolvidos que, agora, encontram-se todos detidos e à disposição da justiça.

Com informações da Polícia Civil

PUBLICIDADE

Recomendados