Em PG, criança de quatro anos fica órfã de pai e mãe

Ponta Grossa

28 de setembro de 2020 15:35

Afonso Verner


Relacionadas

Grandes obras em PG geram mais de R$ 7,3 mi em ISS

Zampieri defende gestão enxuta e atenção aos bairros

Novos produtos elevam potencial turístico de PG

Confira a agenda dos prefeituráveis de PG para este sábado
Debate com vices apresenta propostas para o futuro de PG
“Direito à água e ao saneamento deve orientar ação do prefeito”, diz Gadini
Jovem cai de brinquedo erótico em motel de PG
Thais foi vítima de bala perdida, já Abraão morreu em confronto com a GM Foto: Arquivo JM
PUBLICIDADE

Em menos de dois meses, criança de apenas quatro anos perdeu a mãe e o pai em circunstâncias diferentes

Uma criança de apenas quatro anos de idade ficou órfã de pai e de mãe em menos de dois meses em Ponta Grossa. O menino perdeu a mãe, Thais Fernandes, no começo de agosto e o pai, Abraão Rodrigues Alves, neste domingo (28) - as mortes aconteceram em circunstâncias distintas. 

Thais foi vítima de uma bala perdida na região do Santa Mônica - até o momento o crime não foi solucionado pela Polícia Civil. Já o pai do garoto, Abrãao Rodrigues Alves, foi morto em um confronto com a Guarda Municipal (GM) na noite deste domingo (27) - o rapaz teria participado de um assalto e tentou atirar contra os GMs. 

Abraão manteve um relacionamento com Thaís. Segundo o Serviço Funerário, o rapaz será enterrado no Cemitério São Vicente de Paula na tarde desta segunda-feira (28).

PUBLICIDADE

Recomendados