Eduardo Kalinoski confirma que não será candidato em 2020

Ponta Grossa

29 de setembro de 2020 16:40

Afonso Verner


Relacionadas

Cadastro de ambulantes de 2019 será válido neste ano

Inscrições para o Vestibular da UEPG encerram na quinta

Curso de Odontologia da UEPG é destaque no Enade

Egresso do curso de Geografia fala sobre pesquisa na Antártica
PG tem três invasões de residências em 24 horas
Acidente de trânsito no centro de PG deixa mulher ferida
Homem é achado morto dentro de casa em Uvaranas
Foto: Kauter Prado / CMPG
PUBLICIDADE

Nas redes sociais, vereador eleito pelo PSDB publicou desabafo e falou sobre a trajetória política 

Ex-presidente da Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT) e vereador eleito para o primeiro mandato em 2016, Eduardo Kalinoski (SOLIDARIEDADE) publicou um desabafo nas redes sociais. Kalinoski confirmou que não será candidato à reeleição em 2020 e também falou sobre a trajetória política até aqui. Acompanhe a publicação na íntegra abaixo: 

“Decidi vir a público em respeito àqueles que nos seguem nas redes sociais e através desta nota, informar que NÃO sou candidato à reeleição nestas eleições municipais. Algumas pessoas me perguntaram o por quê desta decisão, se teve alguma intervenção do partido, se eu teria me decepcionado de alguma forma com a política.

Vamos lá... tentar responder e ser o mais transparente possível.

Não houve nenhuma intervenção externa, partidária. Tenho alguns objetivos pessoais e profissionais que demandarão uma carga horária elevada, e ser vereador “meia boca”, ser vereador “de 2x por semana como alguns munícipes assim acham” não faz parte do meu perfil.

Penso também que mesmo a política sendo um instrumento importante para a transformação da vida das pessoas, NÃO se deve encará-la como PROFISSÃO.

Para os que não sabem minha formação é na área da Engenharia, pós graduado na área de logística, essa sim a minha profissão.

É importante abrir espaço para outras pessoas.

Em relação às questões políticas, confesso sinceramente que encontraria na câmara municipal um debate em alto nível, sobre os mais variados temas na cidade, fato que muitas vezes não aconteceu. Entretanto tenho plena tranqüilidade que todos os meus posicionamentos não tiveram intervenção externa e interesses escusos envolvidos (sofri até mesmo retaliações pelo atual governo quando me posicionei contrário à projetos que em meu julgamento não atendia aos interesses da população, mas fomos firmes e mantivemos o posicionamento).

Talvez o exemplo citado acima faz com que as pessoas de bem se afastem da vida pública, faz com que as pessoas pensem 2, 3x antes de colocar seu nome à disposição da população. Principalmente àquelas que não "dependem de política".

Agradeço aos meus amigos, assessores, eleitores, que estiveram comigo durante todos esses anos me apoiando e dando força para o dia a dia.

Peço desculpas se não consegui de alguma maneira atender alguma demanda solicitada pela população (a grande maioria delas de responsabilidade do poder executivo).

Meu fone particular é o mesmo, se precisarem de algo, estou à disposição."

PUBLICIDADE

Recomendados