Prefeituráveis iniciam programas no rádio e TV com ações distintas

Ponta Grossa

13 de outubro de 2020 21:32

Afonso Verner


Relacionadas

Procon orienta e dá dicas sobre a Black Friday

Debate do portal aRede marca agenda das candidatas nesta quinta

PSOL quer representar renovação da esquerda em PG

Mabel Canto propõe descentralização administrativa
Mabel e Elizabeth realizam debate histórico nesta quinta
Passos protocola projeto de Lei “Corina Portugal”
PG obtém R$ 16 mi da Caixa com folha de pagamento
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Nos primeiros dias de veiculação da propaganda em rádio prefeituráveis têm abordagens distintas em Ponta Grossa

No último dia 9, os candidatos a prefeito(a) de Ponta Grossa iniciaram a veiculação de propaganda eleitoral gratuita (HGPE) no rádio e na TV, além das inserções voltadas para os candidatos a vereadores. Em quatro dias de exibição, os cinco postulantes ao comando do Palácio da Ronda mostraram propostas distintas nestes primeiros dias de HGPE,com abordagens e preocupações diferentes.

Líder no tempo de rádio e TV com três minutos e 22 segundos, o grupo de Pauliki buscou veicular um episódio inicial apresentando o prefeiturável. O vídeo, também replicado nas redes sociais, apresentou a trajetória de Pauliki dentro da empresa comandada pela família, além de laços familiares, como imagens e falas da esposa, filhas e dos pais. Pauliki destacou ainda as capacitações acadêmicas e a experiência como deputado. 

Já Mabel Canto (PSC), segunda no quesito tempo de rádio e TV com três minutos e 11 segundos. A deputada estadual participou de um programa veiculado em torno do mote “Quem é a Mabel Canto?”, com vários dados sobre a atuação na Assembleia Legislativa do Paraná, aspectos familiares e também a ligação com o pai, Jocelito Canto, além do trabalho em prol das mulheres. Nos dias seguintes, Mabel revelou ainda intenções na política, reforçando a intenção de “cuidar das pessoas”. 

A terceira colocada no HGPE foi a Professora Elizabeth Schmidt (PSD) com um minuto e 37 segundos. A atual vice-prefeita apostou em um programa gravado na Praça da Catedral, ao lado do prefeito Marcelo Rangel (PSDB), destacando os avanços da atual gestão, no comando do município desde 2013. No programa inicial, Elizabeth ainda expôs parte do jingle e expôs uma espécie de ‘sumário’ do que virá nos próximos programas, com destaque para o crescimento da cidade. 

O Partido dos Trabalhadores (PT) e o PCdoB somam um minuto e 25 segundos no Rádio e na TV. A coligação comandada por Professor Edson (PT) apostou na exposição do jingle, em formato de forró, com a pegada de que “na hora do vamos ver, quem defende você é o PT”. Além disso, o destaque do primeiro programa é apresentar um perfil de Edson entre ações no governo de Péricles de Mello (2001-2004), na UEPG e também na juventude franciscana. 

Gadini destaca que abrirá mão de salário de prefeito

Liderando uma chapa pura na disputa pelo comando do Palácio da Ronda, Professor Sérgio Gadini (PSOL) soma apenas 23 segundos de tempo de rádio e TV. Nos primeiros dias, Gadini tem destacado a trajetória nos movimentos sociais e também o fato de pretender abrir mão do salário de prefeito caso seja eleito - Sérgio é professor de carreira da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) e já em 2016, quando disputou o cargo pela primeira vez, se comprometeu em abrir mão do salário como prefeito e seguir vivendo da docência.

PUBLICIDADE

Recomendados