Campanha do Agasalho distribui 96 mil peças à população

Ponta Grossa

17 de outubro de 2020 15:58

Fernando Rogala


Relacionadas

Homem foge após capotar carro e quase invadir pizzaria

Motorista de app é agredido após acidente em PG

Carro capota na estrada de Itaiacoca e uma pessoa morre

PG passa dos 6,7 mil casos de covid-19 em novo boletim
Dia Nacional da Juventude será tecnológico em 2020
Carro pega fogo após bater contra árvore em PG
Amigos fazem campanha para reconstruir casa incendiada
PUBLICIDADE

No total, mais de 5 mil pessoas foram contempladas com as doações neste ano de 2020


Foi concluída, no último dia 25 de setembro, a edição 2020 da Campanha do Agasalho “Aqueça o coração de quem mais precisa/PG sem Frio”. Desenvolvida em parceria entre o Serviço de Obras Sociais (SOS) e a Secretaria Municipal de Políticas Públicas Sociais (SMPPS), a campanha foi realizada durante o período de pouco mais de três meses, iniciada no dia 17 de junho. Como resultado, mais de 5 mil pessoas foram beneficiadas, totalizando quase 100 mil peças entregues à população.

No total, foram repassados mais de 1,2 mil sacos contendo roupas femininas, masculinas, infantis, calçados, cachecóis, toucas, travesseiros/almofadas, roupas de cama e banho, bolsas, entre outros. Como resultado, foram cerca de 96 mil peças distribuídas para a população, além de 500 cobertas entregues às pessoas atendidas pelo SOS ou pela Assistência Social do município. De acordo com os números da SMPPS, em torno de 5.030 pessoas foram beneficiadas.

De acordo com a superintendente da SMPPS, Isane Kanson, conforme as doações chegavam, a organização distribuía à população, com a ajuda de lideranças de bairros e de áreas rurais. “Nós atendemos a todas as comunidades de Ponta Grossa, descentralizando os serviços. Pudemos atender muitas pessoas, e facilitando a vida delas, com o transporte dessas peças de roupas que eles escolheram”, informou.

Cabe destacar que todo esse resultado foi conquistado mesmo em um momento de dificuldades decorrentes do coronavírus, de isolamento social, que exigiu muito cuidado das equipes. “Foi um trabalho muito pensado, muito bem desenvolvido, por conta da pandemia que estamos vivendo, e deu tudo certo. Com certeza, toda a comunidade foi bem atendida”, concluiu.

PUBLICIDADE

Recomendados