Seap assina convênio com Instituto Mundo Melhor

Ponta Grossa

21 de outubro de 2020 15:44

Da Redação


Relacionadas

Conheça os benefícios de ser um associado APG Clube

Coluna semanal no JM resgatará a história da Diocese

Beetools completa um ano promovendo ação social

PG está entre as melhores cidades do país para se investir
Mestre Matos perde a luta para o coronavírus
Com 60 opções, Espetinhos Curitiba é sensação em PG
Prefeitura inicia pagamentos da Lei Aldir Blanc
PUBLICIDADE

Parceria vai ofertar mais de 200 cursos profissionalizantes aos reeducandos do Estado da Paraíba

O secretário estadual de Administração Penitenciária, Sérgio Fonseca, assinou, nesta terça-feira (20),  às 9h, em seu gabinete, convênio com o Instituto Mundo Melhor que vai oferecer cerca de 230 cursos profissionalizantes aos 12.800 reeducandos do Estado, aos seus familiares e profissionais da Seap, na Paraíba (PB). A concretização da parceria contará com a presença da presidente do instituto, Cirlei Simão Pauliki, e do fundador e presidente do Grupo Mercado Móveis (empresa mantenedora do Instituto), Jeroslau Pauliki.

“Mesmo em meio a pandemia, não paramos nossos projetos para continuar melhorando o sistema penitenciário da Paraíba. Essa parceria chega em boa hora e com certeza contribuiremos para devolver a dignidade para nossos reeducandos e seus familiares, já que eles também poderão fazer os cursos se forma gratuita.  Vivemos um novo momento na Seap e a ressocialização é nossa maior prioridade”, ressalta o secretário Sérgio Fonseca.

Todos os cursos serão na modalidade Educação à Distância (EAD) e participantes receberão certificados com validação acadêmica da Universidade Norte do Paraná (Unopar). Os reeducandos poderão adquirir conhecimento nas áreas de educação, saúde e bem-estar, informática, línguas, administração e empreendedorismo, e governança doméstica. “Com nossas ferramentas de trabalho e a rede formada com nossos parceiros conseguimos colaborar na transformação social dos detentos. Através de ações conjuntas e organizadas, podemos enfrentar as dificuldades e vislumbrar um mundo melhor para o nosso país”, pontua o fundador do IMM, Jeroslau Pauliki.

A presidente do IMM, Cirlei Pauliki, celebra a parceria com a Seap: “Aqui no Nordeste, nossos cursos já estão sendo aplicados em unidades prisionais do Maranhão e a Paraíba será o segundo Estado a promover a expansão de conhecimento com certificação aos seus reeducandos. Vale ressaltarmos ainda que a cada 12 horas de curso, os participantes terão uma redução de um dia de sua pena, tudo isso estimula a busca pelo conhecimento”.

A parceria entre a Seap-PB e o IMM é uma iniciativa da Gerência de Ressocialização da Seap e tem como principal objetivo contribuir com a inserção social das pessoas privadas de liberdade, tornando possível a possibilidade de se construir uma nova realidade a essa parcela sociedade, após o cumprimento de suas sentenças judiciais nas unidades prisionais da Paraíba. “Ao conhecermos e excelente trabalho que o Instituto Mundo Melhor estava fazendo em algumas penitenciárias do país, fomos atrás para trazer também para as unidades prisionais da nossa Paraíba”, destaca o gerente de ressocialização João Rosas.

Essa inovação na Administração Penitenciária da Paraíba é fruto do planejamento estratégico da Seap, em que diminuir a reincidência dos reeducandos aos presídios e cadeias do Estado. Portanto, a chegada dessas mais de 200 oportunidades de aprendizados será transformada em geração de renda, seja no mercado de trabalho ou em seus próprios negócios, para que todos possam ter seu papel na sociedade. 

Sobre o Instituto Mundo Melhor 

O Instituto é uma entidade sem fins lucrativos que trabalha em rede empresarial, consolidando projetos que buscam transformar a vida das comunidades e fomentar o desenvolvimento social.

O Instituto Mundo Melhor surgiu no Paraná, em 2009 como projeto social do Grupo Mercado Móveis e atualmente conta com 117 parceiros, dentre eles governos estaduais, instituições, associações, como a Ajure (Associação de Juízes Federais do Brasil) o Rotary Clube. 

O IMM aplica tecnologias sociais próprias e visa à implantação de franquias sociais junto a seus parceiros. Sua prioridade é desenvolvimento de projetos nas áreas da educação, saúde e qualificação profissional, através do acompanhamento feito por indicadores de atendimento e desenvolvimento humano.

PUBLICIDADE

Recomendados